O enoturismo na toscana: bons vinhos e lindas paisagens

07/jan | por Deyse Ribeiro

Preciso convence-lo que a Toscana é uma inigualável meta turística do vinho que você não deve deixar de conhecer? Então lhe darei belas razões!

OUTRAS REGIOES 1

Conhecida como o lugar da arte e da cultura, é também lugar de terra exuberante e fértil para a agricultura e para a excelência dos seus vinhos mundialmente famosos. Fileiras de uvas finas que crescem nas colinas cercadas por belas paisagens e ruas antigas, que se tornam reais rotas a serem seguidas por aqueles que querem se perder nas cores das paisagens e na gastronomia local.

Mapas das estradas dos vinhos na Toscana

Mapas das estradas dos vinhos na Toscana

STRADA DEI VINI DELLA TOSCANA

Os Caminhos do Vinho da Toscana (Strada dei Vini e dei Sapori della Toscana), juntamente com os de sabores gastronômicos são uma das viagens mais interessantes para descobrir os cantos menos conhecidos desta terra, castelos, casas de campo, fazendas e adegas, onde você pode saborear os melhores vinhos, vendo onde crescem as uvas mais famosas do mundo, aprender as técnicas de produção, conhecer as cantinas de envelhecimento com seus barris de carvalho, saborear os produtos locais e por que não, se aproximar do “povo da Toscana”?

73558_343581925775397_358556751_n

Os itinerários que combinam o prazer da arte ou da descoberta dos burgos históricos, da tradição e sabor são realmente muitas e variadas vai da Costa até as montanhas! (veja algumas opções de passeios).

Como são muitas Estradas de Vinho, dedicarei futuramente outros posts sobre algumas delas especificamente.

Leia o post sobre os Vinhos da Toscana aqui.

A MAIOR PRODUTORA DE VINHO DA ITÁLIA

Em 2013, a colheita garantiu cerca de 2,2 milhões de hectolitros de bom vinho (fonte Movimento Vino). A Toscana tem 57% da produção e da denominação controlada (DOCG, DOC, IGT) de toda a Itália, com 6 DOCG e 36 DOC.

a região do Chianti Clássico, seu símbolo é o Gallo Negro

a região do Chianti Clássico, seu símbolo é o Gallo Negro

O cultivo da vinha é praticado por cerca de 26 mil empresas em 58 mil hectares de área cultivada. Em 2012, as exportações superaram 700 milhões, que foi de 6,7% superior ao de 2011 (que já tinha visto um aumento de 12,2% em relação ao ano anterior). Uma das marcas mais exportados é o Chianti, um nome entre os maiores da Itália, que toca as províncias de Arezzo, Florença, Pisa, Pistoia, Prato e Siena. Dos 800 mil hectolitros produzidos (ou seja, 105 milhões de garrafas), cerca de 70% é vendido no exterior. Principalmente os EUA, Japão e Alemanha.

PREMIO WAYN

Saiu em grande parte da mídia italiana uma noticia ótima para o enoturismo toscano, a Toscana venceu como  melhor meta enoturistica de 2013!

chianti (2)

A Toscana superou a famosa Bordeaux na França, na edição de 2013 do Prêmio Wayn, organizado anualmente pela Wayn.com, a maior plataforma social do mundo dedicado as viagens e estilo de vida com 21milhões de membros em 193 países.

Na competição, 27 mil pessoas participaram votando em uma das 7 enomaravilhas do mundo, juntamente com a Toscana (primeira) e Bordeaux (segunda), os territórios finalistas no concurso foram La Rioja (Espanha) terceira finalista, e ainda Napa Valley (Califórnia), Franschhoek (África do Sul), Maipo (Chile) e Sudeste da Austrália.

Um resultado importante que confirma o que a Toscana e seus vinhos são os mais populares no mundo!

vinho

TRIP ADVISOR TRAVELER´S CHOICE

Não só o Prêmio Wayn, mas outros prestigiosos prêmios demonstram a popularidade dos amantes do vinho em todo o mundo pela Toscana, como: Travelers’ Choice Wine Destinations Awards da Tripadvisor e da Pesquisa sobre a meta enoturistica preferida do Movimento Turismo del Vino.

O grande prestígio que há os vinhos da Toscana no exterior garante com mais freqüência os primeiros lugares nas classificações enológicas, como aconteceu em 2011, quando Florença e Siena foram agraciados com o pódio entre as melhores cidades para a oferta de vinho e comida (food & wine) da “ Choice Award Traveller ” pelo Trip Advisor. Brunello di Montalcino, Chianti Classico, Vino Nobile di Montepulciano, Vernaccia di San Gimignano, Morellino di Scansano, Supertuscans e muitas outras jóias da Toscana ainda são o centro das atenções do universo do vinho.

Mapa de alguns vinhos da Toscana

Mapa de alguns vinhos da Toscana

CALENDÁRIO DO VINHO ITALIANO

De acordo com uma pesquisa de www.winenews.it , um dos sites mais populares dos amantes do bom vinho, e Vinitaly, evento na Itália que reúne vinhos de nível internacional onde participaram mais de 1.500 profissionais do vinho,  o vinho e o território (na Itália) com o qual esses amantes de vinho se imaginavam visitar em 2014 a Toscana saiu campeã!

IMG_2090

Uma das estradas da Toscana

No calendário 2014 dos amantes do vinho, Toscana é a campeã de escolhas, levando três meses  do ano: janeiro, o Brunello di Montalcino (35%), de setembro, com o Chianti Classico (60%), de outubro de vinhos Bolgheri (35 %).

O Calendário  – Un vino per ogni mese dell’anno 2014 (um vinho para cada mês do ano) seria:
Janeiro: Brunello di Montalcino
Fevereiro: Barolo
Março: Montepulciano d’Abruzzo
Abril: Etna
Maio: Friulano
Junho: Prosecco
Julho: Soave
Agosto: Trentodoc
Setembro: Chianti Classico
Outubro: Bolgheri
Novembro: Primitivo di Manduria
Dezembro: Franciacorta

ANTEPRIMA DI TOSCANA

E uma boa oportunidade para descobrir vinho da Toscana é o Anteprima di Toscana, que acontece entre os dias 15 a 22 Fevereiro em toda a região da Toscana, e na Fortezza da Basso, em Florença com Buy Wine (15 a 17 de Fevereiro), workshop internacional dedicado ao denominações emergentes – que organizam aqui seus previews (anteprima) – e depois se espalham por todo o território da Toscana e os previews dos mais renomados consórcios da toscana como: Vino Nobile di Montepulciano, Vernaccia di San Gimignano, Chianti Classico e Brunello di Montalcino.

Anteprima Chianti

Anteprima Chianti

REVISTA DECANTER

Alguns vinhos toscanos receberam medalhas da Revista Decanter, uma famosa revista britânica que divulgou os “Top 50 wines of the year 2013“, os Top 50 vinhos do ano de 2013, de acordo com a pontuação recebida do juri por cada vinho, mas que considera (acho isso muito importante) a relação entre qualidade e preço.

decanter

A Revista Decanter na minha opinião é uma das mais inteligentes revistas de vinho no mundo, suas classificações são melhores que a Wine Spectator.

Entre os 3.200 vinhos provados pela equipe da revista deste ano, dez são selecionados a partir dos melhores vinhos italianos, incluindo três da Toscana. Pian dell’Orino Rosso di Montalcino 2010 é a primeira entre as bebidas do belo país com a terceira posição na classificação geral. Na 24 ª posição aparece Tua Rita Giusto di Notri 2010, enquanto o San Giusto a Rentennano Chianti Riserva 2009 na posição 43.

50 best wines of 2013, San Giusto a Rentennano Chianti Riserva Tuscany Italy 2009

San Giusto a Rentennano Chianti Riserva 2009

Jovem e perfumado.

 Na boca tem um grande volume com taninos densos.

Fim de boca com um concentrado de frutas maduras.

Mais sólido do que refinado no momento.

Precisa decantar antes de beber

.

50 best wines of 2013, Tua Rita Giusto di Notri Tuscany Italy 2010

Pian dell’Orino Rosso di Montalcino 2010

18.5 pontos em 20 (95/100 pontos total)

Levemente picante

No nariz um elegante bouquet de carvalho.

Suave e suculento, com belo sabor frutado de dar água na boca.

Revigorante, com fim de boca com um acabamento saboroso de chocolate.

Ainda a Toscana possui vários vinhos que receberam medalhas regionais, pois a Itália, juntamente com a França é o país que mais tem prêmios regionais (15 no total), veja a lista aqui.

VINHO MAIS TWEETADO

Para confirmar a excelência toscana, a empresa de pesquisa Almawave analisou mais de sete milhões de tweets durante o mês de outubro, em seis línguas diferentes (Inglês, Francês, Alemão, Espanhol, Português e Italiano) e descobriu que, fora da Itália, quando se fala de vinho no mundo, o Chianti é sempre a estrela, com 18% das menções na rede social. (Fonte: Intoscana.it)

Então, o que está esperando para visitar a Toscana em 2014 e degustar muito vinho?

Fontes: saiba mais aqui Ansa, post da Roberta Ristori em Intoscana.it, Movimento Turismo Vino, Vinitaly, WineNews, Movimento Vino Toscana, Revista Decanter e Vinitaly.
.

Leia mais:



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!