Os melhores restaurantes da Toscana segundo o Guia Michelan

13/nov | por Deyse Ribeiro

A Itália, todos sabem, é uma excelência quando se fala de gastronomia, e o Guia Michelan 2015 mais uma vez reconhece esse primor, pois a Itália é o segundo maior país do mundo em número de restaurantes estrelados, que agora são 332, registrando um novo recorde: a Itália há 47 mulheres chefs estreladas em um total de 110 no mundo. Embora Lombardia reafirma a sua liderança como a região mais estrelada na Itália, com 58 restaurantes, incluindo dois de três estrelas, a Toscana é a região com o maior número de novidades este ano.

Esse é o meu exemplar, eu não viajo sem ele!

Esse é o meu exemplar, eu não viajo sem ele!

 O Guia Michelan:

O lendário Guia Michelin foi publicado pela primeira vez em 1900 por André Michelin e seu irmão Edouard, fundadores da Compagnie Générale des Établissements Michelin, a famosa empresa fabricante de pneus. A primeira edição do guia tinha foco meramente publicitário, para a Exposição Universal de 1900, e trazia informações como endereços de oficinas, postos de gasolina, farmácias, médicos, mapas e curiosidades

Em 1926 surgem os macarons para designar os melhores restaurantes e em 1931 aclassificação em 1, 2 e 3 estrelas. Editado em 22 países, o ‘Guide Rouge’ da Michelin já vendeu mais de 30 milhões de exemplares desde sua criação. E é justamente as cores das capas que nos fazem reconhecê-lo de longe nas livrarias segundo a especialidade: capa vermelha para o guia de hotéis e restaurantes e capa verde para os guias de viagem.

Na Toscana:

A cozinha toscana é uma combinação de tradição e excelência na produção agricola, solo fértil, colinas e planícies adequadas para o cultivo que produz vinhos excepcionais, como o Chianti, e uma experiência longa, que é transmitida pelos melhores chefs locais, mantendo assim uma cozinha da mais alta qualidade.

A excelência é representado em Florença com as três estrelas Michelin recebida pela Enoteca Pinchiorri, que fica em um histórico Palácio no coração da cidade, e é de propriedade de Giorgio Pinchiorri, italiano e Annie Feolde, francesa, a uma colaboração que já dura 35 anos criaram uma culinária reconhecida internacionalmente, com a ajuda dos Chefs Italo Bassi e Riccardo.

Chef Italo Bassi da Enoteca Pinchiorri

Chef Italo Bassi da Enoteca Pinchiorri

Uma estrela Michelin para o Ristorante La Bottega del Buon Caffè em Florença. A estrela também é confirmado para Il Palagio di Vito Mollica do Four Seasons Hotel, e uma nova estrela para “Winter Garden” do Hotel Saint Regis  cujo chef é Michael Griglio.

Mesmo Grosseto tem uma rica herança de restaurantes com estrelas Michelin como o Ristorante Bracali de Massa Marittima, onde a cozinha é vista como uma arte, e a preparação da receita é um processo criativo, e o Ristorante Caino, onde pratos são típicos da Maremma, cozidos com paixão e experiência, mas também com vários pratos internacionais.

Uma das maiores novidades é o, premiado com uma segunda estrela, o “Pequeno Príncipe” em Viareggio, que recebe duas estrelas Michelin depois de 70 anos.

A primeira estrela para o restaurante “L’Imbuto” de Lucca Cristiano Tomei em Lucca.

Uma nova estrela de  “Le Tre Lune ” Calenzano com suas três jovens chefs que estudaram com o Alain Ducasse e o restaurante “Silene” de Seggiano (Grosseto).

Por fim, na província de Arezzo, o Relais Villa Baldelli, em Cortona mantém seu lugar na lista.

Quando eu tive aula de cozinha com o Chef Italo Bassi

Quando eu tive aula de cozinha com o Chef Italo Bassi

LISTA POR LOCALIDADE:

TOSCANA ( 1 ,  4 ,  25  )
Cidade
Prov.EstrelaLocal
CortonaARIl Falconiere
FirenzeFIEnoteca Pinchiorri
FirenzeFIOra D’Aria
FirenzeFIIl Palagio
FirenzeFI NLa Bottega del Buon Caffè
FirenzeFI NWinter Garden By Caino
CalenzanoFI NLe Tre Lune
Tavarnelle Val Di PesaFI NLa Torre
Tavarnelle Val Di Pesa / Badia a PassignanoFIOsteria di Passignano
Castiglione Della Pescaia / BadiolaGRTrattoria Toscana-Tenuta la Badiola
Massa Marittima / GhirlandaGRBracali
MontemeranoGRCaino
Porto ErcoleGRIl Pellicano
SaturniaGRAll’Acquacotta
SeggianoGR NSilene
Marina Di BibbonaLILa Pineta
Forte Dei MarmiLUBistrot
Forte Dei MarmiLULorenzo
Forte Dei MarmiLULa Magnolia
LuccaLUButterfly
LuccaLU NL’Imbuto
ViareggioLU NPiccolo Principe
ViareggioLURomano
Tirrenia / CalambronePILunasia
PesciaPTAtman
Casole D’elsaSIIl Colombaio
Castelnuovo BerardengaSILa Bottega del 30
ChiusiSII Salotti
Colle Di Val D’elsaSIArnolfo
San Casciano Dei Bagni / FighineSICastello di Fighine

 *N = novidade

Eu escrevi no Blog sobre a minha experiência gastronômica no Ristorante Lunasia de Pisa, ele possui 1 estrela Michelan, leia aqui.

Logo logo vou escrever sobre outra maravilha, o Ristorante La Pineta, aguarde.

Curiosidades: 

– Apesar de ser um termo amplamente mencionado pelas pessoas, as tão famosas ‘estrelas’ dos restaurantes classificados pelo Guia Michelin na realidade não existem. Até hoje o guia atribui às boas mesas os macarons, que nada têm a ver com as estrelas – usadas no guia para a classificação de hotéis.

– Impresso sempre no mais absoluto sigilo, nem mesmo o número dos exemplares de tiragem é divulgado – estima-se que sejam impressos em torno de 500.000 por ano.

– O Brasil será o 24° país a ter o Guia Michelan vermelho – AGUARDEM!

guida-michelin-copertina-2014

Fonte: Guida Michelan Itália e Scati del Gusto.



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!