Larderello, o valle do Diabo, e a exploração de energia geotérmica

25/set | por Deyse Ribeiro

Conheça uma das curiosidades de uma cidade próxima a Volterra, Larderello o vilarejo que primeiro explorou a energia geotérmica no mundo e do Vale do Diabo.

larderello e sasso pisano_2

Larderello é um pequeno vilarejo que pertence a cidade de Pomarance, na província de Pisa, situado nas colinas metalíferas a 390 metros acima do nível do mar e possui 850 habitantes.

 O território é parcialmente propriedade da Enel (companhia de energia italiana), pois nesta cidade é produzido 10% da energia geotérmica de todo o mundo, com um total de 4.800 GWh por ano, para se ter uma idéia, é energia para manter um milhão de casas na Itália!

O nome da cidade foi dado após Jacques François Larderei, industrial da cidade de Livorno e de origem francesa,  em 1827 aperfeiçoou a extração do ácido bórico a partir de poços naturais, fazendo assim evaporar a água para extrair o ácido bórico.

Após o desenvolvimento e fundação do estabelecimento, Larderello tornou-se a primeira experiência no mundo da exploração da energia geotérmica para produção de eletricidade. Em 1905, graças ao príncipe Piero Ginori Conti, começou a utilizar a energia dos “soffioni”, ou seja, dos poços para a geração de eletricidade, e que séculos depois fez a ENEL construir uma central, levando diretamente a vapor que sai da terra, a movimentar as turbinas ligadas a geradores.

larderello e sasso pisano

o foro

Larderello é a primeira experiência no mundo da exploração da energia geotérmica para a produção de energia elétrica. O recurso geotérmico é uma fonte de energia renovável e ambientalmente amigável, e a energia produzida nesta plataforma, é capaz de manter 1/4 da necessidade de energética da Toscana.

Em Larderello, é possível aprender muito com essa atividade industrial ligada ao calor terrestre, no Museu da Geotermia, que acabou virando objeto de visitas escolares frequentes.

larderello e sasso pisano_11

Ainda é possível, como eu fiz, visitar o” foro”, uma grande poço  que foi aberto para produção de energia e não mais utilizado. O barulho é absurdo e para poder ver a abertura, devemos estar a muitos metros de distância po causa da força do vapor!

O poço mais longo perfurado foi em e tem 1979 e possui 4093 metros de profundidade.

larderello e sasso pisano_15

A área circundante é chamado de “Vale do diabo”, assim chamada por causa da sua paisagem caracterizada pelos gêiseres, que se manifestam através de colunas de vapor branco, de torres gigantescas evaporação e de uma rede de tubulação externa de vapor de água geotérmico proveniente de diferentes poços.

O que visitar (marcado no mapa no fim do texto):

  • Museu da Geotermia

larderello e sasso pisano_16

  • Chiesa della Beata Maria Vergine – uma igreja realizada por um grande arquiteto italiano, Michelucci, muito simples mais muito bonita.

larderello e sasso pisano_8

  • Parco delle Fumarole  – em Sasso Pisano, perto de Laderello ficam as “fumarolas“, os efeitos de vapor que saem das pedras e pequenos poços que podem ser observados ao lado da estrada, muito fácil de encontrar seguindo a estrada de Sasso Pisano a Larderello.

larderello e sasso pisano_7 larderello e sasso pisano larderello e sasso pisano_12larderello e sasso pisano_6 larderello e sasso pisano_5

Informação:
Museo della Geotermia
Piazza Leopolda, Larderello – Pomarance (PI)
Entrada gratuita.
De 16/03 a 31/10: aberto diariamente 9:30-18:30.
De 01/11 a 15/03: aberto diariamente (exceto segundas-feiras) 10:00-17:00
Fechamento: Segundas-feiras. Também fecha em 1 e 6 de Janeiro, 25, 26, 31 de Dezembro e as duas últimas semanas de janeiro.

tag: Larderello, o valle do Diabo



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!