A experiência de trabalhar em uma vinicola com WWOOF por Bruna

15/dez | por Deyse Ribeiro

A Bruna, uma querida leitora, conta como foi experiência de trabalhar em uma vinicola com WWOOF, um jeito diferente de vivênciar a vida rural na Toscana.

11921656_1075890655756941_1055670554612061516_n

Quando a Bruna me escreveu meses atrás, eu não imaginava que primeiro ela realmente iria vivênciar este experiência porque depende de vaga, etc… e nem que ela iria lembrar de mim ao retornar e me agradecer pela indicação (que gracinha ela). Então eu a convidei para escrever aqui no Blog sua experiência.

Deixo vocês com um relato lindo do que eu posso chamar de verdadeira experiência Toscana:

” Eu planejei uma viagem de 3 meses pela Europa e gostaria de ficar a maior parte do tempo na Itália, já que sou apaixonada. Sou ítalo-brasileira pois sou bisneta de italiana e sempre vivi a cultura e a comida italiana em minha família, mas depois que conheci a Itália me senti realmente parte da família. Realmente me encontrei, identifiquei vários costumes, modos particulares, coisas que realmente estão no sangue. E fico muito feliz por isso! Sou apaixonada pela Itália e principalmente pela Toscana.

11915114_1079342018745138_2932699190720406140_n

Antes de sair do Brasil minha irmã Suelen me contou desta experiência chamada Wwoof,que ela já havia feito na França e para mim totalmente novo, não sabia como funcionava e como seria. Até que comecei a pesquisar e comecei a gostar. Meu sonho sempre foi poder acordar e dormir na toscana como um italiano, fora do jeito turista. E encontrei no wwoof a oportunidade de vivenciar este sonho.

O wwoof funciona como um trabalho voluntário, você vivencia a realidade da fazenda com todos os afazeres, não paga pela moradia e alimentação. Quando comecei a pesquisar no site do Wwoof  , encontrei várias fazendas com vários tipos de trabalhos e todos me interessavam e acabei ficando em dúvida de qual escolher. Foi aí que enviei um email para o Passeios na Toscana  e pedi uma indicação. Quem me respondeu foi a Deyse, muito simpática e atenciosa que me ajudou muito na escolha. Me senti tranquila e segura com a sua ajuda. A Deyse me indicou uma vinícola na cidade de San Miniato que fica na província de Pisa a 45 minutos de trem de Firenze, a vinícola era conhecida por ser biodinâmica.

 

na estação de trem

na estação de trem

Depois da inscrição, entrei em contato com a vinícola direto com um dos sócios, o Francesco, que entende tudo de plantação de uva e vinho e que me deu todas as informações de trabalho e me deixou com muita vontade que logo chegasse o dia. Combinamos data, horário e local para que pudessem me pegar. Sai de Firenze no dia 20/08/2015 para meus 20 dias na Vinícola, fui de trem com destino a San Miniato e lá estavam eles para me pegar.

Me recordo do caminho da estação de trem até a Fazenda, era belíssimo. Toda aquela paisagem que vemos em filme da Toscana eu vi nesta viagem até a vinícola. Eu ficava encantada a cada instante! Eu cheguei por volta das 20h da noite e fui apresentada a fazenda e aos demais WWOOFers. Logo que cheguei peguei uma taça de vinho e fui assistir algo belíssimo… o por do sol! Na Itália ele é chamado de tramonto. Me lembro de cada cor no céu, de cada segundo antes de o sol desaparecer…é algo lindo e único. Eram duas coisas sagradas que eu fazia todos os dias, ver o nascer do sol, l’alba e assistir o tramonto. São dois espetáculos da natureza belíssimos, que não consigo descrever em palavras.. e na Toscana com a paisagem linda de San Miniato e dos ciprestes, que são as árvores características da Toscana, não teria como ser tão perfeito. Algo admirável que se repetia lindamente todos os dias.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Eu já estava realizada por viver esta experiência, mas ainda tinha algo que me fascinava muito…a comida italiana! Como é maravilhosa… simples e perfeita! Não falo de pratos elaborados, falo sim de qualidade.. qualidade nos ingredientes! Me recordo de todos os dias tanto no almoço e no jantar comermos queijo grana padano, pecorino, prosciutto, com muito vinho, pane e azeite..que saudade! Muita pasta, tanto almoço, pranzo, quanto no jantar, cena. É maravilhoso! A cada momento eu realizava sonhos e me fazia mais feliz!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vamos ao trabalho!! Foi enriquecedor, uma experiência totalmente nova, diferente e interessante, me tirou da realidade e me levou para um novo mundo. Estavamos no final do mês de agosto onde se faz a vendemmia! Isso mesmo vendemmia! Vendemmia é a época da colheita da uva, que é muito importante e respeitada na Itália.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A vinícola tem aproximadamente 40 hectares de plantação de uva branca e roxa. Na vinícola temos a villa, que é a casa dos proprietários, a cantina – onde se leva as uvas e se faz o vinho,  uma casa para hospedes e a casa dos WWOOFers e funcionários.  Fica no alto onde se tem vista para San Miniato, a  plantação de uva, para a horta e para o tramonto belissimo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tinha pessoas de várias nacionalidades: eu brasileira, um casal australiano, um jovem escocês, dois jovens de Napoli e um jovem da Sicilia na Itália. Era uma mistura maravilhosa, uma troca de cultura, de modo de viver e de língua.. uma experiência incrível poder acordar todos os dias com essas pessoas incríveis. Qual língua eu falava? Italiano, sou apaixonada e estou aprendendo.

11898747_1075890242423649_6503346105615867117_n

A estrutura da nossa casa era de dois quartos, um masculino e outro feminino, um banheiro feminino e outro masculino e uma cozinha grande onde eram feitas todas as refeições juntos. Na cozinha tinha uma vista linda da plantação de uva, era nesta janela que eu tomava meu café todos os dias.

11951395_1080900748589265_7778444374131642664_n

Nossa rotina de trabalho era: acordávamos às 5:00h da manhã, tomávamos nosso banho e fazíamos o café.  As 6:00h estávamos prontos para o trabalho aguardando que o Francesco nos desse as coordenadas e nos ensinasse como seria feita a colheita do dia. Para cada vinho tem uma forma diferente de colheita e em tempos diferentes.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Trabalhamos todos juntos com muita música italiana, fazíamos uma pausa para um lanche na plantação, comíamos frutas e muita água, já que era verão na Itália. Depois voltávamos ao trabalho e terminávamos às 12h ou 13h. Um trabalho leve, gostoso de ser feito e divertido.  Me recordo de Juan Paulo, um italiano divertidíssimo e apaixonado pela vida, me faz falta conversar com ele.

A cada dia uma pessoa diferente era responsável pelo almoço, comíamos todos juntos e tínhamos a tarde e a noite livre, para descansar… passear.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Posso dizer que foram momentos únicos em minha vida, porque realizei um grande sonho, o sonho de viver na Toscana, mas com esta experiência aprendi coisas novas, fiz amizades com pessoas incríveis, me diverti muito e vivenciei o presente, o momento agora.. que é o mais valioso!

Amei esta experiência e indico a todos que amam a Toscana e se interessam por vinho!

Um grande abraço,

11924954_1080900518589288_6683236389896483054_n

Bruna Gomes”

*as fotos deste texto são todas da Bruna.

Informação:

  • Pessoal, por uma questão de privacy não podemos colocar o nome da vinicola nem o email da Bruna. Peço por favor que entrem em contato comigo  aqui e eu dou o contato dela.
  • Quem quiser fazer esta experiência entrem em contato PRIMEIRO com a WWOOF e somente depois o contato é feito com  vinicola
  • Todas as vagas abertas da WWOOF Toscana voce pode ver aqui. Mas o contato de cada uma delas você só tem se for sócio da WWOOF.
  • Para participar é necessário se tornar sócio WWOOF, veja como aqui. Escolha “viaggiare in Itália” e leia atentamente.
  • Perguntas e respostas aqui.

Agradeço a Bruna por deixar esse lindo relato e abro um novo espaço para os leitores que quiserem dividir aqui a suas experiências na Toscana aqui no Blog, enviando email para contato@passeiosnatoscana.com .

 



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!