Novidade: caminhar sobre as muralhas de Pisa agora é possível!

05/maio | por Deyse Ribeiro

Eis uma ótima novidade aqui na Toscana, caminhar sobre as muralhas de Pisa agora é possível! A partir do dia 18 de maio a muralha será aberta em definito!!!

muralha-de-pisa_5

A reforma da muralha de Pisa começou à vários anos atrás, e recebeu um fundo europeu para finalização da obra, que seria aberta à visitas em 2015. Porém, desde 2013 os problemas com os vizinhos da muralha, que se sentiam “usurpados” da sua privacidade entraram na justiça para proibir a abertura e decisão final deste disputa ainda vai se alongar muito.

Ainda ocorreram problemas com a inclusão de elevadores para cadeirantes, sendo uma estrutura muito antiga, mas que acabaram sendo implantados. E por fim, a prefeitura da cidade fez um concurso público para a gestão da muralha, mas ainda nenhuma empresa candidata foi aceita.

Por essa razão, não foi possível a abertura dentro do tempo previsto na obra, e a prefeitura decidiu então abrir a muralha à visitação gratuitamente, junto com seus dependentes públicos, da Polizia Municipale e mais de 100 voluntários da associações da cidade: Associazione dei Musei e dei Monumenti Pisani, Associazione degli Amici delle Mura (Amur) e da Croce Rossa, somente alguns finas de semana do verão de 2017.

Porém, agora dia 18 de maio abertura será definita, como nova opção de passeio pela cidade!

muralha-de-pisa_6

Visita às Muralhas de Pisa: informação e horários

As muralhas medievais estarão definitivamente abertas ao público a partir de 18 de maio de 2018. Veja quando ficará aberta:

  • Na alta temporada começa na segunda-feira antes da Páscoa e vai até o primeiro domingo de novembro – o horário de funcionamento do caminho nas muralhas será de 9 às 19 horas.
    De junho a agosto, nas sextas e sábados – o horário de encerramento será prorrogado por duas horas, até as 21 horas.
  • Na baixa temporada – de novembro a segunda-feira antes da Páscoa – o horário de funcionamento será de 10 às 15:30 horas.

Quanto custa subir nas Muralhas de Pisa?

O bilhete para as Muralhas de Pisa terá um preço de:

  • 3 euros –
  • 5 euros para aqueles que querem usar o aplicativo) e é dedicado aos turistas que querem visitar a cidade e admirar Pisa de alta altitude andando ao longo da passarela das antigas muralhas medieval
  • gratuito para: deficientes, acompanhante de deficientes, acompanhantes de estudantes (2 a cada 15 estudantes), crianças até 8 anos, guias de turismo, desempregados, grupos para visitas especiais, residentes em Pisa

Atenção:

  • proibido acesso a menores de 14 anos não acompanhados
  • é permitido a cães com focinho e / ou coleira.

Os pontos de acesso serão:

  •   Torre di Legno na piazza Federico del Rosso (esquina da via del Borghetto – Lungarno Buozzi) – subida com escada e elevador para pessoas com dificuldade de locomoção
  •   Piazza delle Gondole  – subida com escada e elevador para pessoas com dificuldade de locomoção
  • Torre Piezometrica, com acesso pela via San Francesco e da via Vittorio Veneto – subida com escada e elevador para pessoas com dificuldade de locomoção
  • Torre di Santa Maria, com accesso da Piazza del Duomo e da via Contessa Matilde  – subida com escada
  • De cada ponto de acesso é possível subir e descer

 

O percurso:

  • O percurso completo é de mais de 3 km, porém inicialmente será acessível 2 km, que começa da Piazza delle Gondole até a Piazza dei Miracoli.
  •  a distância entre os 4 pontos de subida são os seguintes:
    •  Torre di Legno – Piazza delle Gondole: 750  m
    •  Piazza delle Gondole – Torre Piezometrica: 500 m
    •  Torre Piezometrica – Torre Santa Maria: 1600 m
    •  Torre Santa Maria – Porta Nuova: 250 m
  • será lançado um site com informação oficial do evento – ainda não ativo – www.lemuradipisa.it

História da muralha de Pisa

 

img_1007

antigo mapa de Pisa com o desenho da muralha

A muralha da cidade começou a ser construída em 1155, e em alguns pontos chegava à 11 metros de altura, mas abaixo ainda tinha 2 metros de fundação. É uma muralha que cercava toda a cidade, e tinha um total de 7 quilómetros de extensão.

Ela cruza ainda a cidade, dos dois lados do leito do rio Arno, e ainda externamente, próximo à Piazza del Duomo, passava o rio Ozeri.

Veja também -> Curiosidades de Pisa: não é só a torre que é pendente na cidade!

Os pisanos, que eram hábeis marinheiros, fechavam a passagem do rio com correntes de ferro para não deixar passar barcos, que queria chegar ao mar, sem antes pagar a taxa à “dogana” à taxa de “passagem”.

A muralha da cidade em algumas partes é mantida, mas em outras ou a guerra ou o homem e seu ímpeto de modernidade acabou destruindo. Mas graças a um grande financiamento europeu, já há alguns anos se iniciou a reforma da muralha e de seus pequenos fortes (Bastioni) e torres. A idéia é criar um “caminhamento pela muralha”, ou seja, que as pessoas possam caminhar por toda a muralha da cidade ainda existente. O projeto completo, se tudo der certo, será terminado em 2014.

Em 2014, a muralha foi aberta em uma parte e eu pude conferir parte do caminhamento da  muralha  na Piazza dei Miracoli, com acesso a partir da torre de Santa Maria, até a Piazza dele Gondole.

muralha-de-pisa_3

Do caminhamento da muralha se tem uma vista maravilhosa da cidade! É impressionante o panorama da Piazza dei Miracoli lá de cima, ainda é possível ver o Bagni di Nerone  (uma turma de era romana), a Igreja de San Francesco e a Piazza delle Gondole, os Bastione (bastiões), passar sobre as portas antigas da cidade, ver o teto dos edificios antigos e se sentir parte daquela época de ouro de Pisa.

Por isso eu indico não perder essa oportunidade de caminhar na muralha gratuitamente, fique de olho nas datas! É o que eu sempre digo, Pisa tem muito mais além da Torre!!!

 

 

*Este post contém indicações para  serviços de afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.


Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!