By

Conheça a Bistecca alla Fiorentina, neste texto daremos alguns fatos históricos, receitas e onde comer o famoso prato toscano!

Bistecca alla Fiorentina  é conhecida como bife T-bone no resto do mundo. Mas não é a mesma coisa!

  • Itália para Brasileiros

A Bistecca alla Fiorentina  é famosa na Itália por seu sabor delicioso. É obtido com o corte do lombo de um novilho exclusivo da região de Chianti. Bistecca alla Fiorentina é única não só para a carne da Toscana, mas também para a preparação da carne. Usa-se um corte de carne que inclui o osso em forma de “T”. Na Toscana, preparamos bife T-bone em um churrasco ou grelha.

Este prato típico não é apenas delicioso, mas também tem uma história misteriosa, pois existem três versões de como o prato nasceu.

  • O primeira acontece remonta ao século XIX, período em que muitos britânicos ricos viviam em Florença. Como eram realmente ricos, podiam se dar ao luxo de morar em vilas e comer apenas os melhores cortes de carne, incluindo o que eles chamavam de “beef steak”, ou “roast beef” , ainda presentes hoje na culinária toscana.
  • Já de acordo com a escritora Maria Luisa Incontri, o nome bistecca vem do termo britânico  “beef-steak”  e,  sua história em  Florença  vem desde 1565, especificamente em 23 de março na praça San Lorenzo. Para celebrar o casamento de Paolo Orsino e Isabella, filha do duque de Florença, um boi inteiro foi assado na Piazza San Lorenzo e distribuído ao povo. Florença na época dos Médici era uma grande encruzilhada para os viajantes. Dizem que alguns cavaleiros ingleses estavam nas celebrações na praça e, ao ver aqueles bifes, começaram a gritar: “beef-steak”. Dizem que os florentinos, tentando imitá-los, não conseguiram repetir as duas palavras e as transformaram em “bis-tick”, que se tornou “bistecca”.

Aqui estão alguns fatos que você deve saber sobre Bistecca alla Fiorentina:

  1.  Bistecca alla Fiorentina é um corte de vitelo (gado não castrado com idades entre 12 e 18 meses) ou de scottona ( bovino fêmea com idade acima de 16 e menos de 22 meses que ainda não deu à luz).
  2. O bife florentino é obtido a partir do corte do lombo (a parte correspondente às vértebras lombares, metade das costas da parte do rabo) do vitelo da raça Chianina (tipicamente Toscana): possui o osso em forma de “T” no meio, na verdade, em inglês chama-se T-bone Steak, com o lombo de um lado e um contrafilé do outro.
  3. Normalmente tem  5-6 cm de altura e 1,5-2 kg de  peso.
  4. A carne é previamente amadurecida por pelo menos duas semanas nas câmaras frias – no momento do cozimento deve estar em temperatura ambiente.
  5. Embora a Fiorentina  seja um pit stop obrigatório em Florença , você também pode encontrar bons bifes de t-bone com estilo florentino fora da cidade e de diferentes raças de gado. Aurelio Barattini, chef da Antica Locanda di Sesto, diz: “O que importa não é tanto o tipo, mas como o animal foi criado. Em igualdade de procriação, podemos avaliar quais são os melhores trabalhos artísticos. Prefiro carnes muito gordurosas e marmorizadas, porque são particularmente saborosas e crocantes ”.
  6. A bistecca fiorentina perfeita deve estar bem dourado por fora e  cru por dentro.

Como fazer a vera Bistecca alta Fiorentina?

  • Fotógrafo na Toscana