Visitas guiadas das Igrejas de Florença

05/jul | por Deyse Ribeiro

É possível fazer uma visita guiada das Igrejas e Basílicas de Florença com uma Guia de Turismo Brasileira em Florença!

Leia a lista das principais Igrejas e Basílicas de Florença, e veja as possibilidades de visitas acompanhado de uma guia de turismo oficial!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

INFORMAÇÃO:

Duração: veja cada opção
Tipo: visita guiada a pé
Vista Particular – Tour privativo
Ponto de encontro: Podemos encontra-lo (a) no seu hotel, caso este se encontre no centro histórico. Se seu hotel for fora do centro histórico, marcamos o encontro na Piazza della Reppublica, debaixo da estátua central.
Início: Manhã ou tarde
Quando: durante todo o ano, todos os dias da semana, exceto domingos pela manhã.
Transporte: Este é um tour a pé, não é necessário o transporte dentro do centro da cidade, somente aconselhamos carros para quem há problemas de locomoção. As distancias não são elevadas e não há declive, o centro histórico é plano. Possível realiza-los para cadeirantes.
Inclui: guia de turismo
Não inclui: ingressos para museus e monumentos, transporte local e alimentação

Este slideshow necessita de JavaScript.

1. Basílica di Santa Croce + Museu: 1:30 h

Esta é uma antiga igreja franciscana gótica do séc XIV, a fachada é de mármore de carrara e mármore verde, bem como a torre campanário, embora também de inspiração gótica, datam de meados do século XIX. A Basílica de Santa Croce (Santa Cruz), é uma das mais importantes de Florença, não apenas por ser imensa, mas também por estar cheia de obras de arte, afrescos e belos vitrais. E chamada de Panthéon dos Toscanos ilustres, pois ali se encontram os túmulos de Galileu Galilei, Michelangelo, Rossini, Maquiavel e Vasari  É uma Basílica-museu. Leia o texto sobre esta Igreja –> Basílica de Santa Croce, templo das glórias italianas em Florença
Fechamento: A Basílica não abre nas seguintes datas: 1º de janeiro, Domingo de Páscoa, 13 de junho (dia de Santo Antonio), 4 de outubro (dia de São Francisco), e nos dias 25 e 26 de dezembro.
Ingresso:  Visite o site.
Funcionamento: A Basílica de Santa Croce fica aberta de segunda a sábado, das 9:30 às 17:00. Domingos e os feriados de 6 de janeiro, de 15 de agosto, de 1º de novembro e de 8 de dezembro, das 14:00 às 17:00. A bilheteria fecha às 17:00 e não é possível entrar após este horário, mesmo com o bilhete em mãos.
Em caso de eventos extraordinários acontecendo na Piazza Santa Croce (por exemplo: jogos de futebol histórico de Florença, no final de junho), o horário de fechamento da Basílica pode ser antecipado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

2. Basilica di Santa Maria Novella + Igreja di San Lorenzo: 2:30 hs

Vista as 2 igrejas de grande importância na história de Florença. A construção de Santa Maria Novella foi iniciada pelos monges em 1246, só foi terminada mais de cem anos depois. A igreja contém preciosos e curiosos afrescos, como o do grande pintor Masaccio, além do crocifixo de Giotto. Na fachada encontramos túmulos e curiosos equipamento para medir o tempo, mas como eles funcionam? Ja a Igreja de San Lorenzo era a igreja dos Médici, onde eles fizeram a sua primeira capela e onde deixam maravilhosas obras de arte como os dois púlpitos de Donatello. Leia o texto sobre estas igrejas:
Basílica de Santa Maria Novella em Florença e suas obras Renascentistas
– Florença: Basilica di San Lorenzo, a igreja dos Medici
Ingresso SMN: Visite o site.
Ingresso S. Lorenzo: €3,00 por pessoa
Funcionamento:
– Basílica de Santa Maria Novella: de segunda a sexta-feira – Abril a Setembro 9h – 19h – Outubro a Março 9h – 17h30 (sexta-feira a partir das 11h). Sábados e vésperas de feriados religiosos – Setembro a Junho 9h-17h30 – Julho e Agosto 9h – 18h30. Domingos e feriados religiosos – Setembro a Junho 1h – 17h30 – Julho e Agosto 12h – 18h30
– Basílica de San Lorenzo: Horário de visitação: de segunda a sexta das 10-17  , e domingo de março a outubro das 13,30-17,30. Fechado todos os domingos de novembro a fevereiro

Este slideshow necessita de JavaScript.

3. Batistério de San Giovanni + Catedral + Museu Opa   3/4 hs

Visita guiada a Catedral, contando da sua construção, da cúpula, e das obras ao seu interno. Posteriormente visitamos o Batistério. Construído em torno do sec. VIII serve, ainda nos dias de hoje, como local de batismo das crianças florentinas. Durante a construção do Duomo, o Batistério foi a Catedral de Florença. Possui não só as 3 maravilhosas portas de bronze esculpidas com histórias bíblicas, mas ao seu interno um mosaico surpreendente que cobre toda a cúpula. Leia o texto sobre o Museu da Opa –> O novo Museu do Duomo de Florença
Ingresso e horario:
 Visite o site.

Este slideshow necessita de JavaScript.

4. Capela Brancacci + Basílica di Santo Spírito: 2hs

O passeio incia com a visita a Cappela Brancacci, decorada com afrescos que retratam o “Pecado original” e a “História da vida de São Pedro”, obra de Masolino e Masaccio, completadas depois por Filippino Lippi. Os destaques ficam por conta da “expulsão do paraíso” e do episódio do “pagamento do tributo”, que influenciaram toda uma geração de artistas toscanos no século XV. Posteriormente visitaremos a Basílica di Santo Spirito (Santo Espírito) com suas 48 capela e verticalismo estonteante. O ponto alto fica para o crucifixo de Michelangelo dentro da sacristia. Leia o texto sobre a Capella Brancacci – Cappella Brancacci: um local para entender o Renascimento
Ingresso: €6 por pessoa para a Capella Brancacci, e a basílica é gratuita. Visite o site.
Funcionamento:
– Capella Brancacci – De segunda, e Quarta a sábado: 10-17 – Domingos e festas religiosas: 13-17
Fechado ás terças, 1 e 7 de janeiro, páscoa, 1 de maio, 16 de julho, 15 de agosto e 25 de dezembro
– Basilica Santo Spirito: fechado às quartas – visitas: de segunda à sábado – 9.30-12.30; 16-17.30; domingos e feriados: 11.30-12.30; 16-17.30

Este slideshow necessita de JavaScript.

5. Basílica di San Miniato al Monte e o panorama de Florença: 2 hs

São Miniato foi o primeiro mártir de Florença, e em homenagem a ele foi construida a Basílica pelo Bispo Alibrando em 1013. Começou como um monastério beneditino, mas hoje é dos monges Olivetanos, que produzem um famoso licor, mel e um tisane (chá) vendidos em uma loja ao lado da igreja. Durante o cerco a Florença, em 1530, foi usada como posto de artilharia e Michelângelo ordenou que se colocassem colchões ao seu redor para que ficasse protegida do fogo inimigo. Este é uma maravilhosa igreja romanica cheia de mistério e curiosidades. Após a visita a Basílica vamos até a vista panorâmica de Florença, o Piazzale Michelangelo. Leia o texto –> Basílica de San Miniato al Monte em Florença
Ingresso: a basílica é gratuita. Visite o site.
Horário: todos os dias 08-20

 

Preencha o formulário. Responderemos assim que possível.
Atenção: Aceitamos pedidos de reservas, com um mínimo de 72 hs antes do passeio

Seu Nome:

Email:

Número de pessoas (se tiver menores,indique idade):

Data do passeio:

Nome do hotel em que será hospedado:

Qual passeio lhe interessa?

Como conheceu o site?

Comentário:

 

Veja algumas fotos de clientes que fizeram passeio conosco:

Este slideshow necessita de JavaScript.



Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS