Florença, acessivel para Cadeirantes

11/fev | por Deyse Ribeiro

Como todos os locais históricos, incluindo Florença, à primeira vista apresenta dificuldades reais para os visitantes com mobilidade reduzida: calçadas estreitas, pavimento com paralelepípedos em diversas ruas do centro, escadas e degraus, que, se de um lado são muito atraentes nem sempre são facilmente acessíveis.

Neste texto você vai encontrar dicas práticas para viajantes com deficiência a desfrutar as suas férias com conforto e segurança, com indicação de hotéis, de restaurantes, estacionamentos com espaços reservados para os museus e igrejas que são facilmente acessíveis, bem como dicas para visitar a cidade.

– Sistema de Transporte
– Estacionamentos
– Aeroportos
– Hotéis
– Banheiros Públicos
– Restaurantes
– Teatros
– Museus

– Roteiros

Segundo a opinião do Acessible Europe, além do péssimo hábito dos italianos de estacionar o carro em qualquer lugar, o que torna difícil a circulação,felizmente, porém, muitos edifícios oferecem facilidades e serviços totalmente acessíveis para pessoas com deficiência. “A cidade tem se empenhado para torna-se mais acessível, entretanto, por hora ainda não é totalmente viável. Nestas situações, Florença tentou compensar com formas de acesso alternativas e serviços para garantir que todos possam desfrutar igualmente do maior número de atrações possível“.

20100419105922_184_19424_15

SISTEMA DE TRANSPORTE:

Táxis:
A Cooperativa Taxistas So.Co.Ta. tem uma van para 6 lugares especialmente organizados para o transporte de pessoas com deficiência, com a plataforma eletromecânico que permite o embarque de qualquer tipo de cadeira de rodas. Para este serviço é necessário reservas com pelo menos 48 horas de antecedência sobre o número de telefone 055 410 133. O serviço é realizado com as taxas normais de táxi em vigor. Para mais informações, consulte também o site www.socota.it

diversamente-abili

A cooperativa taxistas Co.Ta.Fi  tem um carro equipado para cadeiras de rodas (não-elétricas) também disponíveis para tours. O serviço está disponível apenas com uma reserva antecipada pelo menos um dia, a fim de melhor otimizar o serviço e para satisfazer todos os pedidos . A tarifa é de € 30,00 por hora (ou fração de hora ) e inclui um subsídio de 15 Km (cada quilômetro excedente será cobrado € 1,00).
Para informações e cotações de serviço de transporte chamada desativado 3332284699 (Mr. Scarpelli ) ou enviar um e-mail para info@4390.it

Ônibus:
Florença tem à disposição um ônibus adaptado com rampa especial que permite aos cadeirantes à subir a bordo de forma mais rápida e segura. Esses ônibus passam pelas principais ruas da cidade. Para obter outras informações, contate a companhia de transporte municipal, a ATAF através do número +39-0555650433.

Trens:
Em Florença existem três estações ferroviárias: a Estação de Rifredi, a Estação de Campo di Marte e a Estação Central de Santa Maria Novella. A rede ferroviária Italiana é bem equipada para ajudar pessoas com dificuldades locomotoras. Mais de 150 estações ferroviárias italianas possuem um serviço de recepção para viajantes deficientes e cerca de 900 trens Eurostar possuem um vagão adaptado. Importante: este serviço deve ser reservado com, no mínimo, 24 horas de antecedência. A estação de Santa Maria Novella não dispõe de equipamentos para pessoas com necessidades especiais.
Veja aqui no site da Trenitalia todas as informações para pessoas com dificuldade motora.
E aqui, as estações de trem que oferecem serviço de assistência:
stazione disabile

ESTACIONAMENTOS:

Bom, se você já vem a cidade com um carro, ou esta em uma estrutura (hotel ou agriturismo fora da cidade), ao chegar em Florença, você precisa estacionar. Cada Estacionamento (Park), tanto superficiais como subterrâneos, tem dedicados espaços de estacionamento reservados para os deficientes, marcados com a linha horizontal amarela e seu sinal. Para saber os locais e os horários dos estacionamentos visite www.firenzeparcheggi.it.

ATENÇÃO: você deve deixar um aviso no carro (símbolo de cadeirantes) no para-brisa!

AEROPORTOS

Nos dois aeroportos há sempre um pessoal à disposição daqueles que possuem necessiadade de assistência. Esses viajantes são assistidos durante o embarque, acompanhados a bordo e depois recebem assistência ao chegar em seu destino. Equipamentos como cadeiras de roda, elevadores, cabine telefônica e banheiro adaptados, vagas preferenciais no estacionamento, além de assistência médica e paramédica gratuita estão sempre à disposição.
O posto de atendimento está situado fora do terminal de embarque do Aeroporto de Florença.
Aereoporto di Firenze Amerigo Vespucci:
Tel: +39-0553061300
E-mail: infoaeroporto@aeroporto.firenze.it
Aereoporto de Pisa Galileo Galilei:
Tel: +39-050849111
E-mail: sat@pisa-airport.com

disabilita1

HOTÉIS

Florença dispõe de diversos hotéis com acessibilidade para pessoas com dificuldade de locomoção. Em geral, todos os hotéis adaptados podem ser reservados até mesmo pela internet, com antecedência e confirmação instantânea sem taxas extras ou depósitos. Para outras informações, visite o site www.traveleurope.it

No site do Booking, depois que você colocar a cidade e a data da viagem, e o Booking apresentar as opções, a esquerda do seu visor aparecerá FILTRAR (para filtrar os hotéis segundo a sua necessidade), escolha COMODIDADES e lá tem a opção COMODIDADES PARA HOSPEDES COM MOBILIDADE REDUZIDA. Assim lhe mostrará somente hotéis com serviços para cadeirantes.

Já no site Disabile Abile, há uma classificação de alguns hotéis acessíveis:

Ainda no site Diversamente Agibile, há uma outra listagem de Hotéis:

BANHEIROS PÚBLICOS

Eis a lista dos banheiros públicos acessíveis para cadeirantes.

bagni disabile
1. Borgo Santa Croce 29r – Area Santa Croce – €1
2. Via dello Sprone – Area Palazzo Pitti €1
3. Viale Galilei – Area Piazzale Michelangelo €1
4. Stazione S.M. Novella – passagem subterrânea €1
5. Via Filippina angolo Via Borgognona – Area Palazzo Vecchio €1
6. Via della Stufa 25 €1
8. Parco delle Cascine – Prato della catena €0,50
9. Piazza S.ta Maria Novella c/o Misericordia €1
10. Fortezza da Basso – jardins €0,50
11. Piazza Madonna della Neve €0,50
12. Piazza San Giovanni, 10 €0,50
13. Piazza Santo Agostinho – area S. Sprito €0,50
14. Piazza dei Ciompi €0,50
15. Piazza D´Azelio €0,50

RESTAURANTES

No site Firenze Ristoranti é possível encontrar restaurantes e cafés acessíveis para cadeirantes. Clique aqui e já abrirá a página com a opção de serviços para cadeirantes.

Hoje são 20 restaurantes acessíveis cadastrados.

 

TEATROS
Teatro Puccini
Teatro Comunale
Teatro della compagnia
Teatro Pergola e Saloncino
Teatro di Rifredi
Teatro Le Audi

images2-150x150

MUSEUS

Por experiencia próprio no meu trabalho, sei que praticamente todos os museus são acessíveis em Florença, somente a Cúpula da catedral e a Torre Campanária não são, por motivos óbvios, não se pode construir ali elevadores ou rampas.

Mas lendo a descrição da Chiara, uma italiana que visitou quase todos os museus de Florença e contou tudo no site Diversamente Agibile, é mais fácil entender a visão e a dificuldade de um cadeirante na cidade, ela descreve como foi a entrada em cada museu, retirei algumas partes interessantes (leia o artigo aqui)

Chiesa e Museu de Santa Maria Novella
– Entrada e bilheteria com rampa. Banheiro adaptado acessível através de rampa.

Palazzo Médici Riccardi
– Entrada e bilheteria com rampa lateral. Banheiro adaptado acessível através de rampa e elevadores com abertura de 75cm.

Galleria dell’Accademia
– Uma pequena escada na entrada, com possibilidade de acesso pela porta de saída para evitá-la. Bilheteria no térreo e acesso a outros ambientes através de rampas e elevadores (abertura de 75cm). Banheiro adaptado no térreo.

Battistero di S. Giovanni
– Bilheteria acessível na entrada, salas acessíveis através do térreo. Pessoas disponíveis para assistência.

Catedral di S. Maria Del Fiori
– Entrada com rampa lateral.

Basílica di San Lorenzo:
– Tem 2 degraus na entrada, mas na Sagrestia e na Cripta há um elevador a pedana

Igreja di Orsanmichele
– tem 3 degraus na entrada – não é muito confortável

Igreja di Santo Spirito
– tem uma rampa lateral

Igreja di Santa Maria del Carmine e Biblioteca Laurenziana
– há uma rampa de escadas

La cappella Brancacci
– aviso é que é inacessível (local é me gestão), mas procure o padre, ele gentilemente te fará passar pelo altar (3 degraus)

Galleria Uffizi
– Entrada com rampa na parte esquerda do edifício, bilheteria equipada com rampa, elevadores com abertura de 75cm, 40 salas acessíveis. Banheiro adaptado na entrada.

Palazzo Pitti
– Prédios com acesso e bilheteria no térreo, acesso a 9 salas através de uma rampa e elevadores (abertura de 75 cm)
– encontra-se um pouco de dificuldade no Giardino di Boboli por causa das pedras e buracos, a entrada é complicada (mais de 5 escadas) e pode ser difícil por cauda do declive e terreno irregular.
Um banheiro adaptado.

Palazzo Vecchio
– Estrutura com acesso no térreo e rampa para a bilheteria. Muitos dos ambientes são acessíveis através de elevadores (abertura maior que 75cm). O museu dispõe de um banheiro equipado e adaptado.

Museu e Igreja dell’Opera di Santa Croce
– A igreja é acessível a direita com rampa. Bilheteria no térreo, cinco salas acessíveis por rampas, outras duas salas acessíveis com poucos degraus. Ainda não há banheiro adaptado.
– Para ir a Cappella dei Pazzi a entrada é a esquerda

Museu Nazional do Bargello
– Entrada com rampa, bilheteria acessível por meio de rampa, onze salas no térreo e outras doze com mais de cinco degraus. Banheiro adaptado.

Museu Arqueológico
– Acesso ao jardim por meio de rampas, três salas acessíveis no andar térreo, treze por meio de elevador (com abertura de 75cm). Ainda não existe banheiro adaptado.

Sinagoga e Museu
– Uma escadinha na entrada, outra na bilheteria, uma sala acessível com rampa e com elevador (abertura de 75cm), uma escadinha pra entrar no jardim. Banheiro acessível no térreo.

LOGO_ACCESs

ROTEIROS EM FLORENÇA

Quando eu fiz o curso de Guia de turismo Oficial em Florença, conheci o Vivere Firenze, que é um site que oferece roteiros turísticos com informações suplementares para pessoas deficientes. Tenho todos os livrinhos deles com os roteiros, pois fiz um estudo sobre os percursos para Cadeirantes em Florença.
Abaixo estão quatro roteiros sugeridos:

mapa roteiros disabile

1. Nesse roteiro é possível admirar as maravilhas de Florença atravessando as Vias Calzaiuoli e Via Calimala para chegar, ao final dessas ruas, à Piazza della Signoria, com seu lindo terraço. Ali perto está a Piazzale degl’Uffizi, que por sua vez está muito próxima à Ponte Vecchio e Palazzo Pitti. Caminhando pela Via Tornabuoni e atravessando a Via Porta Rossa, chega-se à Piazza della Repubblica.

2. O segundo roteiro começa na Piazza della Repubblica, passando pela Via del Giglio até chegar na Santa Maria Novella. Uma vez na Via del Giglio poderá admirar a famosa Capela da Família Médici ou andar em direção ao Mercado Central; por fim, a partir do Canto dè Nelli é possível ir até a Piazza della Repubblica.

3. Partindo da Piazza della Repubblica em direção à Piazza S. Giovanni, esse roteiro permite chegar até a Piazza della Signoria e depois à Piazza della Repubblica, Piazza San Marco, Piazza Santissima Annunziata e também Piazza del Duomo, uma das praças mais bonitas da Itália e da Europa. Daqui é possível ir andando até a Catedral de Santa Maria das Flores ou retornar à Piazza della Repubblica.

4. O último roteiro oferece a possibilidade de ver uma das praças mais lindas da cidade, a Piazza Santa Croce, da qual se vai até a Piazza della Signoria e depois à Piazza della Repubblica.

Visitando o site você encontra para download informações úteis, tais como: mapas; descrições de roteiro; tempo e distância entre os monumentos.

OPINIÃO DO LEITOR:

A Danielle Bispo do Blog Comer e Coçar é só começar, contou sua experiencia com a sobrinha Isabela Bispo que, depois de sofrer um acidente durante a viagem, deve que passar o resto das férias de cadeira de rodas. Como a Dani conta no seu blog “Empurramos  o marido empurrou uma cadeira de rodas felizes por ruas de pedras e ladeiras durante 25 dias.” .

Perguntei a ela o que achou da acessibilidade da cidade. Dani responde:

Quanto aos museus e igrejas não tivemos problemas porque tinham sempre uma rampa. Tivemos problemas com restaurantes e banheiros de restaurantes que, em alguns lugares são no andar inferior sem elevador ou rampa.

1655100_10152803899902662_1059719542_n

A Isabela Bispo em Florença

Novidade:

No dia 1 de fevereiro deste ano, foi inaugurada em Florença o primeiro balanço para cadeirantes!!!
Se encontra no Jardim da ex scuola Caterina de’ Medici, na viale Guidoni.

Fontes:
Disabile Abile, AccessibleEurope, Diversamente Agibile, Vivere Firenze, Trenitalia, FirenzeTurismo

Quer conhecer bem a Toscana?
Veja alguns dos passeios que ofereço! Muitos deles são acessíveis para cadeirantes ou adaptáveis!
Um passeio guiado é a melhor forma de conhecer a arte, a cultura e a gastronomia local!


Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!

  • Ótima postagem, Deyse! Espero que um dia todas as cidades no mundo comecem a se preocupar com os cadeirantes e outras pessoas com mobilidade reduzida. Seria um grande sinal de civilização e de respeito ao próximo.

    Abraços,

    Maria

    • Sim Maria, com toda certeza, o turismo deve ser acessível a todos! obrigada, abs.