O novo Museu do Duomo de Florença

14/nov | por Deyse Ribeiro

Conheça o novo Museu do Duomo de Florença, o chamado Museo dell’Opa, que possui obras de Michelangelo, Donatelo e muitos outros grandes artistas do Renascimento.

DCIM100GOPROGOPR0927.

O novo Museu do Duomo abriu dia 29 de outubro de 2015, depois de mais de 1 ano fechado para ampliamento e reforma. É um dos mais antigos museus de Florença e um dos mais importantes.

Primeiro, o que significa OPA?

10985549_853984057998212_8087423895036773957_n

Essa é uma pergunta que muitos leitores e clientes me fazem. A sigla OPA, quer dizer Opera Primaziale Edificante, se trata do orgão da cúria responsável pela construção e manutenção do Duomo, que é subordinado a Arquidiocese.

O nome do museu é Museo Dell’Opera del Duomo, mas todos por aqui o chama como “museu do Duomo” ou “museu da Catedral”.

Novo museu, novo preço

Com a inauguração do museu, o preço aumentou. Para visitar os monumentos da igreja na praça, é necessário comprar um único ingresso já há alguns anos, ele custava 10 euros, agora ele custa 15 euros por pessoa.

Veja o que inclui:

  • Catedral/Duomo: que na verdade é grátis, mas quem tem o cartão não faz fila, que geralmente é longa.
  • Cúpula da Catedral e seus 463 degraus – há longas filas, e o cartão aqui não faz saltar a fina. E importante…  não tem elevador!
  • Batistério
  • Torre campanária – 414 de graus sem escada – aqui a fila é menor, mas do mesmo jeito, o cartão não faz saltar a fila
  • Cripta da antiga Catedral de Santa Maria Reparada – restos da antiga igreja que fica dentro do Duomo
  • Museu da Catedral

Bilhete inteiro – € 15
Bilhete para crianças de 6 a 11 anos – € 3
Bilhete gratuito: crianças menores de 6 anos, pessoas com deficiência, ou dificuldade de locomoção e seus acompanhantes quando necessário e Sacerdotes e religiosas.

Uma outra opção de ingresso que durará até 1 de janeiro de 2016 e custará € 12 , inclui:

  • Museu da Catedral
  • Batistério
  • Exposição Bellezza Divini que ocorre no Palazzo Strozzi, próximo da Catedral.
 museu opa_45

O museu de cara nova

O novo museu é bem maior que o antigo, graças à aquisição, em 1997, de um vasto espaço ao lado do museu anterior que era um teatro (em 1778) e, mais recentemente, uma garagem!

a fachada do Museu

a fachada do Museu

O museu propõe duas “rotas” principais para a visita, uma para o visitante com tempo limitado (ou interesse) no piso principal, e uma mais prolongada nos andares superiores, criando um fluxo natural e fisicamente agradável.

O museu ganhou ainda um bar/cafeteria, um guarda-roupa, um terraço panorâmico e um local de exposição temporária.

 

museu opa_25

O coração do novo museu é a sala chamada Salone del Paradiso, onde fica um modelo enorme de fachada original da Catedral de Florença, realizada por Arnolfo di Cambio no séc XIII, mas nunca concluída e, posteriormente desfeita em 1586.

DCIM100GOPROGOPR0900.

Ela foi reconstruída em resina e pó de mármore para cobrir todo um lado da sala, e preenchida com quarenta estátuas do século XIV e início do século XV, originalmente esculpidas para a fachada por artistas como Arnolfo di Cambio, Donatello e Nanni di Banco, estão posicionados em frente a este cenário gigantesco, que foi reconstruída com base em uma desenho século XIX.

museu opa_75

No lado oposto da sala, fica as famosas Portas do Paraíso (1425-1452), realizadas por Lorenzo Ghiberti, e a porta norte, também realizada pelo artista. A porta do Paraíso, toda dourada foi colocada bem de frente ao modelo da fachada, fazendo assim com que o visitante se sinta realmente na sua colocação original.

 

Um vídeo publicado por Passeios Na Toscana (@passeiosnatoscana) em

Ainda neste andar fica, uma das minhas obras preferidas, a Madalena (1453-1455), uma obra-prima da arte de Donatello e do início da Renascença florentina, descreve uma mulher envelhecimento devastada pela passagem dos anos e por sua própria penitência. No entanto, ao mesmo tempo, ela irradia uma enorme força interior tanto do seu olhar cheio de sofrimento e devoção, e das mãos em uma oração.

museu opa_63 museu opa_64

E umas das obras de maior importância da coleção, é a Pietà de Michelangelo (1547-1555). Pietà é um das mais misteriosas obras do grande artista. Possivelmente pretendia fazê-la para seu próprio túmulo, nervoso porque, com a sua idade já não havia a mesma habilidade com as mãos, Michelangelo pegou um martelo num ataque de raiva e tentou destruí-lo.

museu opa_56

No primeiro andar as obras mais interessantes são do Campanário de Giotto, colocadas em um longo corredor com esculturas em tamanho real – incluindo esplêndidas estátuas de Donatello, que represa os Profetas Abacuc e Geremia, o Profeta Pensieroso, Profeta Imberbe, e o Sacrificio di Isacco – e os cinquenta e quatro painéis originais da torre. Os originais são colocados ao nível dos olhos, permitindo uma visão mais próxima destas obras-primas raramente apreciados na torre porque estão no alto.

museu opa_26

Mais a frente fica uma abertura onde é possível admirar o andar de cima, um visual maravilhoso!

A Galeria da Cúpula Brunelleschi (1418-1436), também no primeiro andar, abriga 15 modelos de madeira do século XV, incluindo um atribuído ao próprio Brunelleschi, materiais de época e as ferramentas usadas para construir a cúpula, junto com máscara funerária do grande arquiteto.

A sala é completado por dois grandes modelos de madeira da lanterna e do Dome feitas pelo arquiteto Franco Gizdulich.

DCIM100GOPROGOPR0922.

Em outra sala fica a Galeria das Cantorias de Luca della Robbia e de Donatello, com os dois grandes balcões esculpidos, onde fica o coro de cantores, daí o nome cantoria. Elas ficavam na catedral entre 1431 e 1439. Nesta sala dá pra ficar horas vendo a dança maravilhosa dos anjos de Donatello nos painéis da cantoria e da banca animada de Andrea, veja as fotos:

 

A sala ao lado exibe, primeira vez desde a sua restauração, aos vinte e sete painéis de prata e ouro e em policromia  com histórias da vida de São João Batista, o padroeiro da cidade de Florença, que foram idealizadas por Pollaiolo e realizadas por vários artistas da época.

museu opa_60

Uma pequena sala no final da galeria oferece uma vista deslumbrante sobre a cúpula de Brunelleschi.

museu opa_21

Já no terceiro andar do mesmo ponto de vista, em um terraço ao ar livre,  pode ser apreciada a maravilhosa obra de Brunelleschi, entre os telhados de Florença.

museu opa_18

DCIM100GOPROGOPR0931.

Com essa reforma, realmente o Museu do Duomo, se afirma como um museu imperdível em Florença, pela história que ele transmite e o valor do trabalho artístico fiorentino. A sua missão de apresentar  as obras relacionadas com o Duomo e seus monumentos, desde como ele foi concebido, suas mudanças ao longo dos séculos, e suas obras mais importantes. É um museu que representa a espiritualidade da época, de Florença, de um passado cristão que é essencial para a nossa compreensão da história artistica da cidade.

Não deixe de visitar!

Informações:
Museo dell’Opera del Duomo
Piazza del Duomo
Todos os dias das 9 às 19 horas.
O museu pode sofrer mudanças de horário em caso de events religiosos, portanto verifique no site oficial aqui.
*Este post contém indicações para  serviços de afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.
tag: O novo Museu do Duomo de Florença


Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!

  • Luciano

    Oi Deyse !!!
    Ótima matéria e excelente blog !

    Como estaremos
    em abril em Florença gostaria de dicas de como posso aproveitar melhor o
    feriado do dia 25 de abril, o que abre e o que fecha ?

    Obrigado e Parabéns !!

    • NO dia 25 de abril as lojas fecham no interior, mas em Florença a maioria das lojas do centro histórico abrem para os turistas. Os museus ainda não sei te dizer, porque o governo avisa no mesmo mês, fica de olho no blog que eu sempre escrevo avisando.
      Boa viagem.

  • Luciano

    Oi Deyse !!!!

    Ótima matéria (já inclui na minha lista) e excelente blog !!

    Como estarei em abril em Florença gostaria de dicas de como aproveitar melhor o dia 25 de abril, como é feriado não sabemos o que abre e fecha.

    Obrigado e parabéns !!

  • Leidiane

    Oi Deyse! Posso comprar separadamente os ingressos pro Bastistério e Museu ou só vende esse bilhete único? Abs.