By

Conheça o F-Light, o Florence Light Festival, o Natal de Luz de Florença, um espetáculo que ilumina a cidade na época mais linda do ano!

No dia 8 de dezembro  começa o F-Light Festival, o Natal de Luz de Florença e dura até o dia 8 de janeiro de 2020, onde serão iluminados os monumentos e praças com vídeo-mapping, projeções, shows de luzes, atividades educativas e eventos em vários locais da cidade.

  • Itália para Brasileiros

A inauguração  das luzes será no dia em que o prefeito (sindaco em italiano) Dario Nardela acende a árvore de natal da cidade, e o Cardeal Giuseppe Betori inaugura o presépio na Catedral no dia 8 de dezembro.

A ocasião da cerimônia de iluminação da árvore de natal 2019/2020, o Corteo della Repubblica Fiorentina (desfile da Republica de Florença com roupas medievais) fará a seguinte rota:

Ás 17:00: o prefeito da cidade vai acender as luzes da árvore de Natal do Palazzo Vecchio no cortile della Dogana (área interna aberta ao publico, não precisa de ingresso)

Às 17:03: o prefeito fará a cerimônia de  “Accensione Albero di Natale 2017” (iluminação da árvore de natal) junto com a apresentação dos “Bandierai degli Uffizi” (jogadores de bandeira de Florença) que se exibirão.

Às 18:00: o prefeito seguirá para inaugurar a iluminação da árvore de Natal na Piazza della Repubblica, criada por Michelangelo Pistoletto, será uma das três árvores de Natal criadas por artistas e instaladas nas praças centrais de Florença.

No dia 14 de dezembro, serão inauguradas as árvores  localizadas na Piazza Santa Maria Novella e na Piazza SS. Annunziata, confiadas respectivamente a Mimmo Paladino e Domenico Bianchi.

O Festival nasceu em 2011 para celebrar a luz, fonte de energia universal, e é renovado a cada ano. O ano passado porém foi o primeiro com o show de luzes no Ponte Vecchio e que fez este festival se tornar ainda mais famoso, dezenas de milhares de imagens da ponte “revestida” de obras de arte foram exibidos ao redor do mundo, fazendo com que Florença pareça sob “nova luz”.

Este ano é dedicado à conquista do espaço e o primeiro passeio na superfície da lua em 1969, são as árvores de Natal encomendadas a três artistas famosos: Michelangelo Pistoletto, Mimmo Paladino e Domenico Bianchi quem foi convidado a interpretar as formas tradicionais de abeto, a imagem de um símbolo universal, de celebração e esperança. TRÊS ÁRVORES TRÊS ARTISTAS é um projeto único no mundo que vê três praças de extraordinário valor histórico e artístico, arte contemporânea, a linguagem da luz e a poesia do Natal, um projeto do Museu Novecento, concebido e com curadoria de Sergio Risaliti, organizado por MUS.E.

As árvores de natal

De 8 de dezembro de 2019 a 6 de janeiro de 2020, a Piazza Repubblica, a Piazza Santa Maria Novella e a Piazza Santissima Annunziata receberão as invenções dos três artistas, obras reais específicas do local, construídas com base em uma forma comum, uma estrutura geométrica de 18 metros alto, coroado por um cometa. Pistoletto, Paladino e Bianchi transformaram a tradição de acordo com sua linguagem artística pessoal, mantendo algo da natureza popular e ritual do antigo símbolo de Natal, aquele cone de luz que sempre encontramos em nossas casas e praças para evocar o nascimento e renascimento, regeneração da terra e generosa troca de presentes.

O primeiro trabalho a ser ativo será o de Michelangelo Pistoletto, na Piazza della Repubblica, sábado, 8 de dezembro, às 18h. A grande árvore iluminada por trás será coberta com imagens que retratam as variantes do Terceiro Paraíso, símbolo e pôster do artista desde 2003, instalado em todo o mundo. Terceiro Paraíso significa a passagem para um estágio sem precedentes da civilização planetária, indispensável para garantir a sobrevivência da humanidade. O símbolo, desenhado por Pistoletto, é a reconfiguração do signo matemático do infinito, é composto por três círculos consecutivos. Os dois círculos externos representam todas as diferenças e antinomias, incluindo natureza e artifício. A central é a interpenetração entre os círculos opostos e representa o útero generativo da nova humanidade.

Torre di Arnolfo

Em 14 de dezembro serão inauguradas as árvores  localizadas na Piazza Santa Maria Novella e na Piazza SS. Annunziata, confiada respectivamente a Mimmo Paladino e Domenico Bianchi.

A árvore de Paladino, em frente ao Museo Novecento, apresentará uma sequência de números feitos de luzes de neon luminosas. Os números freqüentemente se repetem nas obras do artista, são elementos fundamentais de suas alquimias visuais, têm um valor enigmático, quase cabalístico. E aqui, “La tombola per Firenze,” um título desejado por Paladino para este trabalho, alude à tradição de um dos jogos mais populares em torno do qual famílias e comunidades se reúnem durante as festividades de Natal: a tombola (tipo um jogo de bingo), também chamada de Smorfia ou Cabala napolitana. Mas os números também estão associados aos dias no calendário, os da vida.

Na praça SS. Annunziata, entre as praças florentinas, a que melhor representa os ideais da cidade renascentista, será a árvore de Domenico Bianchi. A obra do artista é composta de signos que se repetem e criam um movimento aparente, espacial e temporal, colocando-se em relação direta com a cosmologia. Este trabalho incorpora seus pensamentos, evoca uma espécie de harmonia entre as formas abstratas da arte e a imagem da galáxia. Em sua superfície, desenharemos espaços cheios e vazios que brincam com transparências, deixando a luz escapar de seu interior.

Finalmente, outras duas árvores de Natal serão construídas no Palazzo Vecchio e no Palazzo Medici Riccardi, resultado de uma sinergia técnica, artística e cultural preciosa. Ambas as fábricas são de fato doadas pelo Euroambiente-Zelari Group, uma empresa com sede em Pistoia, especializada na natureza, enquanto as decorações são feitas por jovens artistas das escolas artísticas da cidade, inspiradas no tema da Lua De fato, a Árvore do Palazzo Vecchio vê pendurados em suas folhas os preparativos projetados e executados pelos alunos da Escola de Arte Leon Battista Alberti, em um jogo de cores e formas metálicas que evocam as várias fases da lua, enquanto a Árvore do Palazzo Medici Riccardi é o resultado do trabalho dos alunos da Escola Estadual de Porta Romana, capazes de interpretar as esferas da lua e os planetas em uma chave mágica: a partir dos mesmos materiais artísticos, cada elemento é de fato elaborado individualmente com efeitos diferentes.

Instalações luminosas

A inspirar o tema do festival,  o cinquentenário do desembarque na Lua,  uma empresa sem precedentes que nos deixou uma grande legado. O evento é promovido pelo município de Florença e organizado pelo MUS.E, com a direção artística de Sergio Risaliti,

Moon F-Light, este é o título escolhido para a edição de 2019, realizado também graças ao precioso apoio da Terna SpA, pois sempre envolverá inúmeros espaços na cidade: da Ponte Vecchio à Piazza Santa Maria Novella, do Palazzo Medici Riccardi ao Oltrarno, sem esquecer as Torres e Portões da cidade, que, juntamente com os bairros fora do centro histórico, terão atenção especial.

Símbolo da curiosidade que move o homem, a Lua será o fio comum que viajará através dos efeitos da luz da Moon F-Light.

  • Fotógrafo na Toscana

O evento começará oficialmente no domingo, 8 de dezembro e dura até dia 6 de janeiro de 2020. As instalações de luz serão visíveis das 17h30 às 24h00.

Durante a duração do festival, uma série de eventos externos será organizada, realizada por várias instituições da cidade. E na véspera de Ano Novo, a F-Light oferecerá uma noite especial.

Siga o calendário no site oficial

Locais:

  1. o Ponte Vecchio assumirá temporariamente a aparência de uma tela: um mapeamento de vídeo evocativo, mais uma vez realizado pela The Fake Factory, celebrará o aniversário do evento que mudou radicalmente nossa relação com o espaço celeste.
  2. a sede histórica do Palazzo Medici Riccardi estará novamente envolvida com uma instalação no pátio de Michelozzo, dedicada aos retratos da capela dos Magos de Benozzo Gozzoli, com curadoria da MB Vision, com a colaboração de estudantes do ISIA.
  3. O programa também inclui o Mercado Central e a Loggia del Grano, que sediará uma instalação artística criada por um coletivo de artistas australianos da Skunk Control.

torre de San Niccolò

4. O Museo del Novecento será sempre um dos lugares da luz-F: particularmente relevante para a conexão temática com o voo da lua, Lucciole per Lanterne de Wang Yuyang, com curadoria de Lorenzo Bruni. A exposição florentina, com três ciclos pictóricos e duas instalações de luz, é a primeira exposição individual européia do artista chinês e um passo importante em sua pesquisa artística ligada a uma reflexão sobre como os meios de reprodução técnica, analógica e digital , influenciam a percepção da vida cotidiana, a memória coletiva e o papel da arte. Destacam-se as pinturas da Lua, uma cópia fiel das imagens produzidas pelas agências espaciais, cujas cores são o resultado de combinações de cores completamente aleatórias.

5. Piazza del Giudice, de frente ao Museo Galileo terá uma projeção artística de Artistic projection – Em homenagem às descobertas revolucionárias astronômicas de Galileu, uma projeção dupla que celebrará a Lua e as maravilhas do Universo. Na fachada do Museu Galileu e da Câmara de Comércio, um sugestivo vídeo-mapeamento traçará a história da astronomia através de esplêndidas imagens antigas, incluindo as Luas desenhadas por Galileu, que primeiro observou sua aparência com um telescópio. Vídeos projetados e produzidos pelo Museu Galileu.

6. Na estação de trem de Santa Maria Novella, no local da Palazzina Reale di Santa Maria Novella (na saída do lado dos taxis, próximo de onde fica o guarda-volume, ao externo da estação) – terá projeção artística organizada pela Fondazione Architetti Firenze. Um dos edifícios simbólicos da cidade, obra dos anos trinta de Giovanni Michelucci, hoje Casa dell’Architettura – será objeto de uma projeção que envolverá as superfícies de mármore branco do edifício (de 16 de dezembro a 6 de janeiro, das 17h30 às 22h00).

7. Museu degli Inocenti – nas comemorações do 600º aniversário da instituição, o Loggiato do Istituto degli Innocenti, na Piazza SS. Annunziata, usará uma nova iluminação (abertura na quinta-feira, 12 de dezembro, 17h30).

8. Igreja de San Miniato al Monte que comemorou o milênio em 2018 – continuará a ser aprimorada graças à direção da luz colorida para “iluminar em ocasiões especiais” e à iluminação permanente introduzida no ano passado pela SilfiSpa. Intervenções que confirmam o compromisso da F-Light de deixar um “sinal permanente” na cidade, além das atividades temporárias do período de Natal.

9. Algumas torres e portas da cidade: o SilfiSpa cuidará da iluminação da Ponte Santa Trinita, das torres e dos portões históricos da cidade: durante anos no centro de uma restauração e aprimoramento monumental, Porta alla Croce, Torre della Zecca A Torre di San Niccolò, a Porta al Prato, a Porta Romana, a Porta San Gallo e a Porta San Frediano serão iluminadas com luzes coloridas dinâmicas durante o festival, todos os dias a partir das 17h e a noite toda.

10. As rampas da Piazza Poggi. Neste programa, o Moon F-light também oferece iluminação para as rampas da Piazza Poggi (inauguração oficial na sexta-feira, 20 de dezembro, 18h), restaurada para uma nova vida com uma restauração financiada pela Fundação Cassa di Risparmio di Firenze, graças ao Art Bonus e terminou este ano. As cinco cavernas e a grande piscina localizada em três níveis diferentes, limpas com a recuperação da superfície decorada, serão aprimoradas ainda mais graças a uma nova instalação permanente de iluminação branca e colorida da SilfiSpa.

11. Ponte Santa Trinita

12. Via Tuornabuoni

Torre della Zecca

13. estádio Artemio Franchi – no quarteirão de Campo di Marte, o Artemio Franchi, sede da ACF Fiorentina, mais uma vez se mostrará sob o disfarce cenográfico da última edição, assumindo as cores da ACF Fiorentina e dos 4 distritos do futebol histórico de Florença.

14. Piazza delle Cure – A iluminação colorida permanente também é protagonista na Piazza delle Cure, graças novamente ao SilfiSpa, no novo abrigo de mercado recentemente inaugurado, que será iluminado com iluminação especial todas as noites durante a F-Light.

15. Jardim Lando Conti 

16. Iluminação dos quarteirões fora do centro – Quanto à edição anterior, o F-Light sairá do centro histórico e tocará todos os quatro bairros da cidade, com uma iluminação de artista que será instalada em diferentes pontos:
Q2. Campo di Marte –  Via del Gignoro
Q3. Gaviana Galluzzo -Piazza Niccolò Acciauioli, Galluzzo
Q4. Isolotto-Legnaia – Passerella delle Cascine
Q5. Rifredi – Parco di San Donato

O evento incluirá duas outras exposições, projetos do Museo Novecento, ambos concebidos e com curadoria de Sergio Risaliti, organizado pela MUS.E, e localizado no Palazzo Vecchio. O Novecento Lunare, no Museu do Palazzo Vecchio até 15 de janeiro, quer ser uma homenagem poética à Lua e sua conquista através de uma seleção de obras de artistas italianos que evocam a lua e o espaço celeste, incluindo o Spatial Concept de Lucio Fontana, Reflexo do céu de Eliseo Mattiacci, superfície lunar de Giulio Turcato e La cometa de Fausto Melotti. Em muitas obras de arte nascidas após a Segunda Guerra Mundial, a linguagem abstrata e informal parece evocar a superfície lunar, a ausência de gravidade, as teorias científicas contemporâneas, as novas observações astronômicas. Marco (I Mark) da Grazia Toderi é um conjunto de sete projeções de vídeo, uma nova produção projetada especificamente para a Sala d’Armi, onde ficará visível até 6 de janeiro. Não é a escolha aleatória do número, com múltiplos significados: nos faz pensar em Gênesis, nos sete continentes, nos sete metais, nos dias da semana, lembrando como no espaço e na terra tudo está conectado. Um número que conecta o homem à astronomia e cosmologia.

Observação – fotos deste texto são do F-light 2018/2019 porque ainda não fizemos fotos deste ano (postagem feita antes da inauguração das luzes de 2019)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Acesse o site oficial do evento aqui.

tag: F-Light, o Natal de Luz de Florença

*Este post contém indicações para  serviços de afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.

  • Fotógrafo na Toscana
 

Style Switcher

Skin:

Backgrounds:

                       

You can also upload your own background from the Admin Panel.

Highlight Color:

             

Best viewed within the shop.

You can also create your own highlight color from the Admin Panel.