Dia de San Valentino – porque aqui o dia dos namorados é comemorado no dia 14/02?

08/fev | por Deyse Ribeiro

No dia 14 de fevereiro aqui na Itália é o dia do Dia dos Namorados, celebração dedicada aos amantes, porém você ja se perguntou porque esta data é comemorada em grande parte do mundo, especialmente na Europa, nas Américas e no Extremo Oriente?

Sempre me perguntei porque comemora-lo no dia de San Valentino e no Brasil comemoramos no dia 12 de junho? Então, vamos as respostas!

LUPERCALIA

Foi instruindo o  Dia de São Valentim porque a Igreja Católica tentava acabar com um popular rito pagão da fertilidade chamado Lupercalia e realizado pelos romanos desde o século IV a.c., tais rituais eram porém, dedicados a fertilidade e não ao amor romântico, e aconteciam todo dia 14 de fevereiro.

A festa Lupercalia era em honra ao deus Lupercus, o caçador de ninfas e protetor dos campos e das ovelhas. Conta a história romana que dois jovens, chamados de Luperci (homens-lobo) iam a uma gruta consagrada ao deus, e depois de ter sacrificado uma cabra, os dois eram marcados na testa com a faca suja de sangue de cabra e deveriam depois usar a pele de cabra como chicote e sair pelo monte a chicotear quem encontrasse pela frente, para poder “purificar”, principalmente as mulheres que ofereciam o seu ventre (como ato sexual) ao sacrifício e a purificação.

File:Circle of Adam Elsheimer The Lupercalian Festival in Rome.jpg

The Lupercalian Festival in Rome: Cupid and Personifications of Fertility encounter the Luperci dressed as dogs and goats – Imagem: Wipedia

Ainda, outros rituais aconteciam na mesma época, os nomes do adoradores deste deus eram colocados em uma urna, uma criança sorteava os nomes e assim os sorteados deveriam por um ano, tentar viver em intimidade para “testar” o fertilidade mútua, até que o rito da fertilidade fosse concluído. No ano seguinte se repetia o ritual e se testava outro parceiro sorteado.

Uma das representações da festa de Lupercalia – Fonte: www.lettera43.it

Vendo hoje com os “olhos da modernidade”, a festa da Lupercalia era uma celebração um pouco selvagem, quase sadomasoquista!  Não se sabe ao certo quantos elementos de verdade há esta lenda, mas muitos sustentam que esta era uma explicação conveniente para a celebração da Lupercalia.

wk6x4

Uma das representações da festa de Lupercalia – Fonte: https://isolafelice.forumcommunity.net/

Representação de Lupercus – Fonte: https://www.tanogabo.it

Uma das representações da festa de Lupercalia – Fonte: https://www.tanogabo.it

DA LUPERCANIA A SAN VALENTINO

A festividade religiosa original recebeu o nome do santo cristão e mártir São Valentim (Valentino em italiano) de Terni, bispo e mártir, e foi instituído por Papa Gelásio I em 496, com intuito de substituir o festival pagão anterior de Lupercalia.

San Velentino Fonte:https://it.cathopedia.org

São Valentim foi consagrado bispo de Terni em 197 aos 21 anos. Por ordem do Imperador Aureliano ele foi decapitado e enterrado em Terni, onde, mais tarde, uma basílica foi construída no lugar de seu martírio.

Mesmo no século V, mais de 150 anos depois que o cristianismo se tornou a religião oficial do Império, o povo continuou a lançar-se alegremente na Lupercalia, pois era definitivamente uma festa popular, embora os cristãos tenham feito de todo o possível para aboli-la. Então, tudo indica que a Igreja decidiu transformá-la em um feriado cristão, incluindo a lenda de São Valentim.

File:Hl-Valentin-mit-Stifter-150.jpg

San Valentino (con il committente del dipinto), di Lucas Cranach, Galleria delle Arti Figurative di Vienna. Fonte: Wikipedia Commons

Conta-se que São Valentim no III séc., cometeu um grave ato de ir contra o Imperador Claudio II que havia proibido o casamento entre os legionários romanos e jovens cristãos. O Bispo Valentim continuou realizando casamentos em segredo, e por isso ele foi executado em 270 d.c., no dia 14 de Fevereiro. Portanto, mesma data da festa de Lupercalia.

A sua disseminação, especialmente na França e na Inglaterra foi muito contribuída pelos beneditinos através de seus inúmeros mosteiros na Europa, pois eles eram a ordem que mantinha a Basílica de São Valentim em Terni, original da metade do século VII.

SAN FAUTINO E OS SOLTEIROS

Como comemoração nunca faz falta, aqui na Itália se festeja São Faustino (San Faustino) no dia 15 de fevereiro, em contraposição ao Dia de San Valentino, pois São Faustino é o santo dos solteiros aqui!!!

File:Pala della mercanzia (vincenzo foppa).jpg

São Faustino é o da esquerda – I santi Faustino e Giovita nella Pala della Mercanzia di Vincenzo Foppa – Fonte: Wikipedia Commons

NO BRASIL É 12 DE JUNHO

File:Bernardo Zenale - Saint Anthony of Padua - Google Art Project.jpg

Santo Antonio da Padova, tela de Bernardo Zenale
Fonte: Wikipedia Commons

No Brasil, a data apresenta uma história bem diferente, pois está relacionada ao frei português Fernando de Bulhões, que morreu em Padova e foi chamado de Santo Antônio da Padova. Em suas pregações religiosas, o frei sempre destacava a importância do amor e do casamento. Em função de suas mensagens, depois de ser canonizado, ganhou a fama de “santo casamenteiro”.

A data provavelmente surgiu no comércio paulista, quando o comerciante João Dória trouxe a ideia de comemorar os apaixonados como no exterior, porém preferiu o Santo português casamenteiro mais cultuado no Brasil, o Santo Antonio, ao invés de no Dia de São Valentim e a apresentou aos comerciantes, ideia foi bem aceita se expandiu pelo Brasil.

Independente da data e do porque, o amor vai sempre comemorado não é?

FLORENÇA

No Dia 14 de fevereiro será possível fazer um brinde no alto da Torre do Palazzo Vecchio, veja mais informações aqui.

Fontes: National Geographic, Wikipedia, Historia Romana, www.tanogabo.it, ww.sanvaletinoterni.it



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!