Pisa além da Torre: conheça os Museus de Pisa

07/jun | por Deyse Ribeiro

Estou cansada de ouvir “Pisa não tem nada mesmo né? só a praça… então vou separar somente algumas horas para visita-la … tiro uma foto da torre e pronto!”

Bom, ai que você se engana!

capodanno_pisano

Pisa tem muito mais que a Torre e por isso decidi fazer uma série de posts sobre Pisa, além da Torre, conhecendo o que os batidos “guias” e “roteiros” não oferecem.

Começo hoje falando da série de museus e monumentos visitáveis da cidade, você irá se surpreendes porque não sabia que na cidade da torre tinha tanta coisa!

 

1. Museo Nazionale di Palazzo Real:

Este slideshow necessita de JavaScript.


O Museu do Palácio Real, antiga residência projetada por Buontalenti para o Grão-Duca, contém importantes coleções de arte pertencentes à família Médice, Savoia e Lorena e de colecionadores particulares. Nas suas salas podemos admirar esculturas notáveis, retratos maneiristas, e miniaturas em marfim da coleção Ceci. Entre as pinturas, obras de Rafael, Bronzino, Rosso Fiorentino e Antônio Canova. O Museu possui um rico acervo de armaduras que datam do séc XV e XVI utilizados para a Batalha da Ponte e muitas tapeçarias flamengas e dos Médice de Florença, além daqueles pertencente ao guarda-roupa real.
Endereço: Lungarno Pacinotti, 46  56126 Pisa
Tel.: 0039 050 9265390039 050 926539
Horario: segunda a sexta 9:00 – 14:30;  sabados 9:00 – 13:30
Fechado: todas as terças, domingos e feriados, 1 janeiro, 25 dezembro
Ingresso: 5 euros
Site aqui.

 

2. Museo dell’ OPa:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Museu da Opera do Duomo, Catedral, é instalado onde era inicialmente a sala do Capítulo da Catedral no séc XIII, o Museu foi inaugurado em 1986. Tudo quanto é exposto pertencia ao Duomo, ao Batistério e ás Igrejas locais. Alguns objetos como os painéis com intrincados arabescos de mármore e os belos capitéis coríntio revelam influências românicas e  islâmicas dos arquitetos pisanos do séculos XII e XIII. Destaque para o importante Ipogrifo fundido em bronze por artífices islâmicos e que aventureiros pisanos tomaram dos Sarracenos como prêmio de guerra. O Museu também possui estátuas dos séculos XIII, esculturas de Giovanni e Nicola Pisano. Há pinturas do século XV ao século XVIII, além de uma coleção arqueológica romana e etrusca.
Ao momento de encontra fechado para reforma.
Endereço: Piazza dei Miracoli
Horario: abril a setembro das 8 as 18, todos os dias, novembro a fevereiro 10 as 17hs, todos os dias
Ingresso: 5 euros
Site aqui. 

 

3. Museo delle Sinopie:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Este fascinante Museu expõe esboços do ciclo de afrescos que cobriam as paredes do Camposanto (cemitério). Os afrescos se desgastaram quando o cemitério foi bombardeado em 1944. Durante o processo de restauração desses afrescos, eles foram retirados das paredes e logo embaixo da “camada de afresco” foi descoberto os esborços originais dos artistas, que nem sempre correspondem ao desenho final.  É um Museu único no mundo, exatamente pelo fato de ser especializado em esborços de afrescos do séc XIV até o séc XVI.
Endereço: Piazza dei Miracoli
Horario: abril a setembro das 8 as 18, todos os dias, novembro a fevereiro 10 as 17hs, todos os dias
Ingresso: 5 euros
Site aqui. 

 

4. Museo Nazionale di San Matteo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Convento medieval de San Matteo, apresenta uma bela fachada gótica, situa-se próximo ao Rio Arno. O Museu oferece uma oportunidade única de apreciar um vasto panorama de arte pisana e florentina desde o século XII até o século XVII. A maioria das obras mais primitivas apresentam a virgem com o menino Jesus. Entre este conjunto de obras, contam-se o Político de Simone Martini e um estátua do século XIV da Madonna del Latte de Nino Pisano, membro de uma talentosa família pisana de escultores. Várias peças renascentistas merecem uma atenção como o São Paulo de Masaccio, a Virgem com o menino Jesus de Gentile da Fabriano e o Busto-Relicário de San Rossore de Donatello.
Endereço: Piazza San Matteo in Soarta, Pisa
Telefone:050 541865
Horario: segunda a sexta 9:00 – 19:00;  sábados, domingos e feriados 9:00 – 14:00
Fechado: todas assegundas, 1 janeiro, 25 dezembro
Ingresso: 8 euros
Site aqui.

 

6. Palazzo Blu:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Museu Particular de pinturas e esculturas se encontra num Palácio histórico muito importante a Pisa. A coleção permanente inclui obras de artistas como Cecco di Pietro, Taddeo de Bartolo, Artemisia e Orazio Gentileschi, Aurélio Lomi, Cigoli e Tempesti, bem como uma extensa coleção de arte do século XX e uma coleção de gravuras e litografias do grande artista de Pisa Viviani
O Museu ainda possui uma grande área para exposições temporárias.
Endereço: Lungarno Gambacorti, 9
Horario: terças as sextas, das 10 as 19, domingos das 10 as 20hs
Ingresso: gratis na área de coleção permanente, na área de exposição temporária, consultar
Site aqui.

 

7. Museo della Grafica:

O Museu de Artes Gráficas, localizado no magnífico Palazzo Lanfranchi, contém uma coleção muito grande de trabalhos gráficos modernos e contemporâneos. O passeio permite que você descubra as várias técnicas gráficas (gravura, xilogravura, litografia e muitos mais) e apreciar as nuances incríveis e fascinantes. O museu está em constante mudança rosto graças às suas exposições temporárias são sempre diferentes e cheia de interesse.
Endereço: Lungarno Gambacorti, 9
Horario: setembro a maio: terças aos domingos, das 9 as 13,  e das 17 as 22hs. junho a agosto: terças aos domingos, das 9 as 13,  e das 15 as 17:30hs.
Ingresso: gratis
Site aqui.

 

8. Orto Botanico

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Jardim Botânico, o mais antigo do mundo (1543), abriga uma coleção de plantas mediterrânicas e exóticas, plantas medicinais e de interesse histórico, plantas e árvores ameaçadas de extinção. O Museu Botânico, ao lado do jardim, contém cerca de 300 mil amostras de plantas secas. De particular interesse é um conjunto de modelos de cera.
Endereço: via Luca Ghini 5
Horário: de segundas as sextas, das 8:30 as 17:30,  sábados das 8:30 as 13.
Ingresso: g2,5 euros
Site aqui.

 

9. Museo delle instrumenti per i Calcoli

Uma fascinante viagem através da história da ciência e para o cálculo ao longo de pelo menos 500 anos que nos leva de bússolas para computadores modernos. Entre os de maior prestígio: o compasso de Galileo e a máquina de A. Pacinotti.
Endereço: via Nicola Pisano, 25. 
Horario: 
9.30-14.00 segundas, terças e quartas, 9.30-14.00 e 15.30-18.00, quintas sextas e sabados
Fechamento: domingos e feriados
Ingresso:
gratis
Site aqui.

 

10. Museo Nazionale della Certosa Monumentale – Museo di Storia Naturale

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fundado em 1366, este Mosteiro foi reconstrído no século XVII, seu interno é cheio de salas afrescadas por grandes pintores. A igreja é profusamente decorada, totalmente barroca. Parte do mosteiro abriga hoje o Museu de História natural da Universidade de Pisa, que expõe modelos anatômicos de cera do século XVI. Fica um pouco fora da cidade, mas vale a pena a visita.
Endereço: via Roma, 79  56011 Calci (Pi)
Horario: 
de segunda a sexta as 8.30-18.30, sábados, domingos e feriados 8.30-12.30
Fechamento: segundas, 1 de maio e 25 de dezembro
Ingresso:
5 euros
Site aqui.

 

11.  Domus Mazziniana

Mazzini foi um dos heris do Renascimento Italiano e foi montado um museu onde foi a sua casa em Pisa. Digamos que é um Museu mais para italianos que conhecem bem a sua história. No momento se encontra fechado para reforma.
Site aqui. Entrada gratuita – Endereço: Via Giuseppe Mazzini n. 71 – 56125 – Pisa

 

12. Domuns Galileiana

Manuscritos, documentos, autógrafos, livros de Galileu Galilei e os seus discípulos. Há também manteve o dínamo Antonio Pacinotti. Rica biblioteca especializada. A “Domus” e “também o centro dos estudos de Galileu e da história da ciência.
Endereço: Via Santa Maria, 26  – TEL. 050/23726
Emtrada gratuita, com reserva pela manhã

 

13. Camposanto – Cimitero Monumentale

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O cemitério monumental, construído a partir de 1278 por Giovanni di Simone, manteve um ciclo extraordinário de afrescos dos séculos XIV e XV (Taddeo Gaddi, Andrea Bonaiuti, o Buffalmaco, Benozzo Gozzoli), que sofreram graves danos durante o ‘Segunda Guerra Mundial. Concluído o trabalho de restauração delicado, eles foram colocados de volta no seu local de origem, são  pintura medieval e do início do Renascimento, afrescos, já seriamente comprometida por uma história longa e turbulenta de batalhas internas.
Endereço: Piazza dei Miracoli
Horario: abril a setembro das 8 as 18, todos os dias, novembro a fevereiro 10 as 17hs, todos os dias
Ingresso: 5 euros
Site aqui. 

 

Viu que opção para mais que algumas horas em Pisa tem não é mesmo?

Ainda há lindas igrejas e um dos maiores parques naturais da Toscana, mas isso é argumento para um próximo post…

Fotos: wikipedia commons e Passeiosnatoscana®

Leia mais:



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!