Aviso: novas regras para visita à Cúpula do Duomo de Florença

28/out | por Deyse Ribeiro

A partir do dia 7 de novembro, entram novas regras para a visita à Cúpula do Duomo de Florença.

Mesmo quando o tempo é feio, cheio de nuvens e chove, #Florença é linda!

Uma foto publicada por Passeios Na Toscana (@passeiosnatoscana) em

A cúpula do Duomo de Florença

A cúpula da catedral de Florença, sem dúvida, é um dos símbolos da cidade toscana, também chamada de cúpula de Brunelleschi, em homenagem ao arquiteto renascentista Filippo Brunelleschi quem a projetou. A cúpula octogonal, é notável pela sua elegância e seu tamanho: com um diâmetro externo de 54 metros e altura, até no alto da lanterna, de 114 metros.

No início de 1400 a catedral, construída sobre o projeto do arquiteto Arnolfo di Cambio, não havia a cúpula, havia somente um buraco, e assim permaneceu por muitos anos porque era tecnicamente difícil de conseguir uma cúpula com um diâmetro interno de 45 metros. Imagine construir uma cúpula a 60 metros de altura sem andaime?

Depois de algumas competições com a participação de vários arquitetos, a Arte della Lana entregou a obra para Filippo Brunelleschi e Lorenzo Ghiberti, mas os dois não concordavam com a forma de realizar o trabalho, já que Filippo era um personagem difícil.

Microsoft Word - LA CUPOLA DI BRUNELLESCHI A FIRENZE.doc

Em 1423 a comissão deixou o cargo apenas para Brunelleschi, e como uma demonstração do caráter do genial arquiteto florentino mal-humorado e rude, houve muitos incidentes durante a construção da cúpula. Diz-se que Filippo diante dos pedreiros que exigiam um aumento salarial, os despediu, dias depois os assumiu por um salário menor do que antes, e ainda a historia de que ele misturava o vinho com água para que os pedreiros trabalhassem melhor.

A invenção de Brunelleschi foi realizar a cúpula sem o uso da centina (obra provisória em arco de madeira, como um molde, que forma a estrutura de apoio da cúpula até que ela tome forma e resista) e realizar duas cúpulas ligadas, uma interna com a função de sustentação, e a parte externa de revestimento, proteção de água, vento, etc.

A construção foi concluída em 1436 e ainda faltava construir a lanterna no alto do topo da cúpola. O trabalho deste último começou em 1446, poucos meses antes da morte de Brunelleschi, e, em seguida, a construção foi concluída por Michelozzo.

vista do alto da cupula

vista do alto da cupula

Entre 1572 e 1579 o interior da cúpula foi pintado por Giorgio Vasari e Federico Zuccari com cenas do Juízo Final.

A cúpula está aberta a visitação, onde, subindo 463 degraus, é possível chegar a lanterna e você poderá admirar as vistas panorâmicas sobre a praça da catedral e grande parte da cidade.

Eu já subi várias vezes a cúpula e as minhas recomendações são:

  • se você é claustrofóbico, não suba. Apesar de ser uma subida muito legal, com uma vista maravilhosa, ela é estreita no início, o que pode dar “agonia” à algumas pessoas, já que as aberturas de ar não são grandes no início. Porém é somente no início.
  • são muitas escadas, sim! Mas vale a pena, sério!
  • se tiver dúvidas, melhor não arriscar, porque para retornar é difícil, já que como eu diss,e no início o percurso é estreito e passam 1 pessoas ou 2 por vez.
  • a vista é maravilhosa, por isso não esqueça a máquina fotografica.
  • se voce não for no verão, leve uma echarpe ou um lenço, venta muito lá em cima.
foto do arco da velha! Eu e o Lucas lá no alto.

foto do arco da velha! Eu e o Lucas lá no alto.

Para visitar a cúpula, novidades:

A partir do dia 7 de novembro, para visitar a cúpula será necessário a reserva com horário marcado, ou na hora da compra do ingresso ou pelo site oficial.

Agora para visitar a cúpula existem alguma possibilidades:

  • comprar o Firenze Card €72 (veja no texto como), e reservar a entrada na loja da Opa (que organiza o passeio, veja endereço abaixo).
    • Porém, se estuda a retirada de todos os monumentos da OPA (veja abaixo quais) da inclusão do ingresso do Firenze Card, portanto, antes de comprar, dê uma checada no site oficial do Firenze Card se ainda fazem parte. Parece que já em janeiro não estará incluído.
  • comprar o ingresso conjunto da OPA, €15, que você pode comprar pelo site oficial, ou diretamente na loja da Opa (veja endereço abaixo). O ingresso dá o direito à visita –  SEM FILA à:
    • cúpula, mediante reserva com horário
    • batistério, sem reserva, e geralmente sem fila
    • museu do Duomo, sem reserva e geralmente sem fila
    • cripta da catedral, mesmo sendo dentro da catedral, precisa do ingresso pra entrar, não ha filas
    • torre campanária, sem reserva, e geralmente há fila
    • já a Catedral (Duomo), não precisa de ingresso porque é já grátis, mas há fila para entrar, e com o ingresso você não precisa fazer fila
  • não há ingressos separados somente para a cúpula, se vende somente ingresso cumulativo para todos os monumentos.

1200px-firenze_panorama_dome

Informação:
Venda dos ingressos dos monumentos: Piazza San Giovanni (de frente à entrada do Batistério), número 7

Foto: as 2 ultimas fotos são do wikipedia Commons

Que tal visitar Florença com uma guia brasileira? Veja as nossas opções de tours particulares AQUI.

*Este post contém indicações para  serviços de afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.


Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Mapa

Participe e dê seu pitaco!