Curiosidades de Florença: praça de Santa Maria Novella e a sua Basílica

08/nov | por Deyse Ribeiro

Conheça uma pouco das curiosidades de Florença nesta série de textos. Neste conto um pouco sobre as curiosidades da praça de Santa Maria Novella e da fachada da sua Basílica.

Uma foto publicada por Passeios Na Toscana (@passeiosnatoscana) em

Localizado no coração de Florença, a poucos passos da estação central, a praça Santa Maria Novella atrai dezenas de turistas. Graças, também, a sua igreja, uma síntese da arquitetura do gótico ao Renascimento.

A Praça de Santa Maria Novella é uma das praças mais bonitas de Florença e ocupa o coração da antiga cidade. Fica pertinho do Duomo e da estação central, uma localização estratégica para aqueles que  chegam em Florença  e atrai todos os dias dezenas de turistas fascinados pela fachada da igreja, que é a síntese mais completa da arquitetura de Leon Battista Alberti.

Em 1287 iniciou-se a construção da praça, e as obras, inicialmente foram  à custa do município que decidiu permitir aos fiéis um espaço mais amplo para os cultos. As mudanças continuam hoje, a  administração da cidade para tornar o local ainda mais verde, dicidiu fazer  a inserção de canteiros de flores, não ficou bonito?

Giovanni Signorini (Firenze 1808-1862) Il Palio dei cocchi in Santa Maria Novella, 1844

Giovanni Signorini (Firenze 1808-1862) Il Palio dei cocchi in Santa Maria Novella, 1844

A Praça de Santa Maria Novella sempre foi escolhida como o local para eventos, na Idade Média  ficou famosa pelo Palio dei Cocchi, uma espécie de corrida de bigas. Hoje  a praça é escolhida como local de eventos e feiras como o Festival do Gelato, Mercados de Natal, etc.

E sobre a igreja ? Nem todo mundo nota, mas a fachada da Igreja está decorada com alguns objetos curiosos: a esquerda há esfera armilar, e a direita um relógio de sol colocados em simétrica à porta da frente. São instrumentos astronômicos implantados durante o Granducado do Cosimo I por Egnazio Danti, um eminente matemático e astrônomo, que aliás era um frei, que usou esses instrumentos para realizar seus estudos.

santa-maria-novella-igreja-florenca

A função desses instrumentos era:

  •  o anel de bronze chamado em italiano de armilla equinoziale, é construído de 2 círculos na qual a intercessão dos mesmos indica a posição do sol na data dos 2 equinócios (verão e inverno)
  • quadrante astronômico, do qual hoje somente resta a base de mármore, possui alguns relógios solares, nos quais se baseiam na mudança, em um pequeno furo, da sombra produzida por uma varinha de ferro.
santa-maria-novella-igreja-florenca_2

armilla equinoziale

santa-maria-novella-igreja-florenca_1

quadrante astronômico

O mais curioso de tudo é que graças a insistência deste astrônomo, foi-se capaz de calcular exatamente a discrepância entre o ano solar verdadeiro e o calendário juliano (46 a.c. usado ainda naquela época). Depois de provar insitentemente seus estudos com um grupo de outros estudiosos em Roma para o Papa Gregório XIII, Ignácio conseguie a aprovação  para o realinhamento dos dias e assim  ocorreu a promulgação do novo calendário gregoriano, saltando em 1582 dos dias 04 a 15 de Outubro, ou seja,  naquele ano saltou-se 9 dias!

Dica: não deixe de visitar a Farmácia de Santa Maria Novella que fica logo ali na Via della Scalla, era a antiga farmácia dos dominicanos de Santa Maria Novella e que hoje é uma propriedade privada, mas visita-la é como voltar no tempo.

Que tal visitar Florença com uma guia brasileira? Veja as nossas opções de tours particulares AQUI.

*Este post contém indicações para  serviços de afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.


Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Mapa

Participe e dê seu pitaco!