Dica de Compras: Mercado de San Lorenzo

01/jun | por Deyse Ribeiro

Se você estiver em Florença não deixe de conhecer o Mercado de San Lorenzo (São Lourenço), um mercado interessante multicolor que quase incorpora o Mercado Central de Florença, o mercado alimentar que falei nos 2 textos anteriores.

IMG_2101

Leia mais sobre os Mercados de Florença:
– O Mercado Central de Florença: lugar da gastronomia italiana – parte 1
– O Mercado Central de Florença: lugar da gastronomia italiana – parte 2
– Mercados e Feiras em Florença
– Tour dos Mercados de Florença

A história:

Antes existia em Florença, entre os anos um Mercado que ficava as margens do rio Arno, porém quando Florença passa a ser a capital da Itália (1865 ate 1870), ha a necessidade de reformas na cidade para acolher todas as instituições  de governo e os mercados sofrem a sua primeira mudança e são colocados em torno a Basílica de San Lorenzo. Com a inauguração do novo Mercado Central em 1874, decidiu-se  colocar cada vez mais próximo ao Mercado Central as “bancas” para assim, aumentar o circulo de clientes.

E assim foi por fui anos, até o último prefeito Matteo Renzi, que hoje é o primeiro ministro da Itália, que conseguiu liberar a Basílica de San Lorenzo do Mercado, possibilitando agora, a sua visão completa. O mercado então hoje, circula o Mercado Central e Piazza del Mercato.

ANTES

1

don-t-be-put-off-by-this

DEPOIS:

sem o mercado a lateral da Basilica ficou mais linda

sem o mercado a lateral da Basilica ficou mais linda

Mercado2mapa

A área marcada de vermelho é a área do Mercado de San Lorenzo.

Parece um monte de camelôs, mas na verdade todos eles tem licença (e dizem que não é barata) para poder vender seus produtos ali, e muitos deles são os proprietários também das lojas próximas. O interessante para o turista brasileiros é que ali muitos dos que atendem são brasileiros, o que facilita na hora da negociação!

timthumb

Este mercado é a mais importante de Florença, a maior e a mais central também. Fica bem pertinho da estação de trem e da Basílica de San Lorenzo.

IMG_2097

Neste mercado você encontra roupas, lembrancinhas, chapéus, bolsas, casacos, cintos, carteiras, artigos de couro em geral, já que Florença tem uma grande história de artesanato com o couro, é só lembrar que Gucci nasceu aqui não é?

Mas porque nas cidades próximas a Florença, como Santa Croce sull’Arno, San Miniato, entre outras, há uma grande produção de curtume (local onde se processa o couro cru) e, depois da segunda guerra os franciscanos da Basílica de Santa Cruz decidiram abrir uma escola do couro para ensinar aos órfãos de guerra, a trabalhar o couro, ja que havia tanto curtume próximo de Florença, mas pouca mão de obra habilidosa para criar bolsas, sapatos e outros acessórios. Assim nasce Florença, como referência do couro na Itália.

IMG_2103 IMG_2104

Você pode encontrar bolsas a partir de 20 euros!

IMG_2100

Alias é um bom local para se comprar bolsas, cintos, carteiras e jaquetas de couro, o preço é bem melhor que nas lojas e no Brasil, com certeza. Praticamente todos são realizados em Florença ou na Toscana, é só ler a etiqueta pra não correr riscos e confirmar o MADE IN ITALY.

Bom lugar para “tratar um bom preço”, comprar aquelas lembrancinhas de viagem.

IMG_2105

HORÁRIO: Fica aberta todos os dias da semana, das 9 as 19 e no verão estende-se por mais 1 hora.

ONDE: É logo ali quase escondido no meio das barracas está o Mercato Centrale, que é um mercado alimentar que eu ja falei nos dois textos anteriores.

Passa pelas seguintes ruas:
– Via dell’Ariento
– Via Sant’Antonio/ Rosina
– Via Panicale
– Piazza del Mercato Centrale

Leia mais sobre os Mercados de Florença:
– O Mercado Central de Florença: lugar da gastronomia italiana – parte 1
– O Mercado Central de Florença: lugar da gastronomia italiana – parte 2
– Mercados e Feiras em Florença
– Tour dos Mercados de Florença



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!