Uffizi Live: visitar o museu à noite de uma maneira diferente

30/maio | por Deyse Ribeiro

Uffizi Live, música, dança, teatro, e muito mais, toda terça-feira às 19:00! São as aberturas especiais do Uffizi  até às 22 horas.

Após o sucesso do ano passado, retorna “Uffizi live”, uma séria de eventos que acontecem dentro da Galleria degli Uffizi à noite, mantendo assim a abertura até às 22:00. Os eventos acontecem todas as terças no verão até setembro com shows, festivais e muito mais.

Grande espaço dedicado especialmente aos jovens e “idéias novas”, e grande espaço para as mulheres, não só como artistas, mas também como o tema da inspiração favorita de muitas formas artísticas: temas, aspectos e rostos femininos imortalizados em tantos obras de arte da Galeria das estátuas e pinturas do Uffizi será o foco de muitos shows, mas forma sempre diferente e original. O museu abre ao contemporâneo, propondo também inúmeros projetos experimentais, inovadores, até mesmo o uso de tecnologias digitais sugestivas, de desenho de luz de experimentos electro-acústicos.

Atenção!!! Já saiu as datas de 2018! – do dia 5 de junho à 28 de setembro de 2018!

Informações:

  • acontecerá somente às terças e quartas no Museu Uffizi
  • valor do ingresso será o mesmo.
  • o museu ficara aberto em ritmo contínuo das 08:15 às 22:00, porém às 21:35 começa as formalidades de fechamento das salas
  • de 5 de junho às 28 de setembro

Porém ainda não saiu a lista dos eventos do Uffizi Live 2018… assim que sair publicaremos aqui!

Veja o calendário de eventos:

Terça-feira 6 de junho: Duo musical  Mazzoni-Riganelli com um concerto para saxofone e música de acordeão escrito por contemporâneos autores da região Marche, em homenagem à exposição “Facciamo presto! Marche 2016-2017. Tesori salvati, tesori da salvare”(que doou € 1 no bilhete museu para a restauração das obras danificadas pelo terremoto).

Terça-feira, 13 junho: O Collettivo ARTEDA de Rimini apresentará plurais enxertos um formato itinerante que se encaixa cada vez em linguagens visíveis e corporais em relação às obras de arte e ao contexto do museu. As performances usam diversos meios, incluindo: a dança, a pintura ao vivo, a pintura digital, artes destinadas a um público internacional.

Terça – feira, 20 de junho: O programa  “Uffizi live” continua com o concerto de música antiga de canto, vihuela e guitarra barroca do conjunto feminino espanhol Dolce Rima de Sevilha para recriar a atmosfera sonora dedicada às pinturas de Caravaggio e aos caravaggeschi, mergulhando o espectador para o clima cultural das cortes italianas e ibéricas entre o final do Renascimento e do barroco.

Terça-feira 27 junho: O programa junho termina com a arte da performance de dança da Compagnia aretina Sosta Palmizi, cujo projeto “Vênus e o vento” nasce da observação da figura feminina por excelência, Vênus, e o elemento do vento.

Terça-feira 4 julho: O show / performance de dança contemporânea ZA-Critic Point (Viva Arte Viva) proposto pela Company Blu é uma variação sobre o tema da “visita guiada ao museu” centrada na estatuária clássica do neoclássico, avançando possibilidades sugestivas como a visita física das obras de arte contidas em uma galeria.

apresentação e dança de 2016

Terça – feira, 11 de julho: “Retratos da mulher” é uma viagem musical feita de rostos femininos de grandes pintores italianos de  1400 à 1500 entrelaçadas em um diálogo que encontra na voz, violoncelo e violão do jovem irlandês Naomi Berrill um meio expressivo e de pungente intensidade.

Terça-feira 18 julho: A jovem dançarina Fabiola Zecovin traz ao palco a figura da  “Maddalena” entre o “Trittico Portinari” de Hugo van der Goes e a “Deposizione” de Rogier van der Weyden, dois momentos opostos de sua vida. Entre o nascimento e morte de Cristo, Madalena vive em latejante espera … antes de uma esperança e uma promessa de amor eterno e sublime.

Terça – feira, 25 de julho: O elenco de Dummies Project di Milano realizará Perseus Room, uma performance de “full mask”, máscaras poéticas de gosto contemporâneo que reinterpretar o mito de Perseu, trazendo ao palco o herói e mulheres gregas que foram as dobradiças de seu destino.

Terça-feira agosto 1:. O programa do mês de agosto será aberto com o concerto Miniatour, do violoncelista ORT Luca Provenzani di A.Gi.Mus, uma viagem musical cheio de contrastes e contrapontos. Quatro peças curtas, com um foco específico na Itália, projetado em diálogo com as obras de Giotto, Leonardo Da Vinci e Michelangelo.

Terça – feira, 8 de agosto: O duo anglo-italiano Etrusca que vêm da Inglaterra para apresentar um programa sofisticado de música do Renascimento e canções barrocas para soprano e alaúde: Chiari fonti, para celebrar obras escolhidas por Botticelli e Tiziano.

Terça-feira 15 de agosto: o conjunto Vincanto & Francesca Breschi vai oferecer aos visitantes um programa de pesquisa sobre a música Toscana menos conhecida, clássica e popular, antiga e moderna. Ben venga maggio um vislumbre histórico e cultural.

apresentação musical de 2016

Martedì 22 agosto: Il programma di agosto continuerà con un singolare “concerto da camera per danza e tromba” proposto dalla giovane Giselda Ranieri della Compagnia milanese ALDES insieme al musicista Mario Mariotti. Blind Date è una performance capace di interrogare e relazionarsi con ironia e al tempo stesso studiata maestria con le statue antiche dei tre corridoi del secondo piano della Galleria.

Terça-feira, agosto 22: O programa de agosto vai continuar com uma “concerto da camera per danza e tromba” proposta por Giselda Ranieri da Compagnia milanese ALDES com o músico Mario Mariotti. Blind Date é uma performance que estuda as estátuas antigas dos três corredores do segundo andar da galeria.

Terça-feira, 29 agosto: The Scat Noir é um Jazz Vocal Trio de Ferrara só de mulheres, que irá realizar para os visitantes Colori e forme della femminilità in musica, que além do jazz e swing, irá incluir músicas de tradição étnica, mas também música clássica e os  clássicos e italianos, dedicados ao tema da feminilidade na pintura entre 400 e 600.

Terca-feira, 5 de setembro: É a vez da Compagnia Simona Bucci, que imaginou uma coreografia de dança contemporânea, Sussurri, cheio de citações que se referem a personagens femininas famosas imortalizados nas obras em exposição em um contraponto visual e emocional entre a obra imortal e corpo que re-vive.

Terça-feira, 12 setembro:Associazione Culturale AD-AR-TE, apresenta Tre noccioli del Duecento, uma performance de teatro e dança que evoca fragmentos de uma infância de três pintores, Duccio da Buoninsegna, Giotto e Cimabue.

Terça – feira 19 de setembro: A noite contará com Compagnia di danza hip hop Mystes, com uma coreografia intitulada Lucida follia, inspirado no famoso quadro ‘Judith decapitando Holofernes’ de Artemisia Gentileschi. Vários estilos de dança urbana serão acompanhadas por musica eletrônica.

Terça-feira, 26 setembro:  Gli Impresari & Giacomo Mercuriali de Veneza, que irão encantar o público com uma performance tecnológica e inesperada. O projecto é proposto para animar a “primavera” de Botticelli.

Que tal visitar Florença com uma guia brasileira? Veja as nossas opções de tours particulares AQUI.

*Este post contém indicações para  serviços de afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui


Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Mapa

Participe e dê seu pitaco!