Epifania em Florença, a Cavalgada dos Reis Magos – 6 de janeiro

17/dez | por Deyse Ribeiro

Saiba como ocorre a Festa da Epifania em Florença, com sua famosa cavalgada dos Reis Magos, todo ano no dia 6 de janeiro.

Florença, a Cavalgada dos Reis Magos

Sabemos que o calendário cristão, no Oriente e no Ocidente, desde os tempos antigos, dedicava o dia 6 de janeiro, a festa da Epifania. Esta palavra é de origem grega, significa “manifestação”. Ele se refere ao episódio narrado no Evangelho segundo Mateus (2,12): a visita de alguns “homens sábios” para o Jesus recém-nascido, para que esses o adorassem como o Messias de Israel, e, ainda que indiretamente, como o Filho de Deus, apesar de serem pagãos.

Em Florença, ao longo do século XV, foi a fraternidade ou “Companhia dos Magos” (também conhecido como “Estrela”, com referência ao astro guia mencionado no Evangelho), que organizava a cada três anos (desde 1447 a cada cinco) uma procissão solene com aparato suntuoso, evocando a chegada dos três sábios estrangeiros na aldeia de Belém em busca do Messias-Rei.

Florença, a Cavalgada dos Reis Magos

A primeira menção desta associação está em um documento de 1417, o ano em que a Signoria do Medici decide subsidiar “a Companhia dos Magos”, que se reúne na igreja florentina de São Marcos do frades dominicanos. Sabe-se que dessa Companhia, nos anos de ouro da Família Medici, fizeram parte todos os seus componentes, além de personagens próximos da Signoria de Florença, como os humanistas, literatos e canônicos.

Afresco: Cavalgada dos Magos, Benozzo Gozzolli

Afresco: Cavalgada dos Magos, Benozzo Gozzoli

Como mais uma prova da veneração dos Medici aos Magos temos como testemunha o famoso afresco que Cosimo ordenou a Benozzo Gozzoli, em 1459, na capela do seu palácio em Florença, vários personagens foram pintados com a fisionomia dos membros da família, incluindo Giuliano e Lorenzo.

A “Companhia dos Reis Magos” foi então a organizadora desta comemoração, que na verdade na época, era composto de 3 procissões que se reuniam no Batistério, e mais tarde, em 1429, na Piazza della Signoria, e continuava até a igreja dominicana de San Marco, onde se recitava textos religiosos. A “Companhia dos Reis Magos” foi abolida em 1494, após a expulsão dos Médici de Florença.

magi1

Em 1997, para coincidir com o VII Centenário da fundação do Capítulo da Catedral de Santa Maria del Fiore, foi resgatada essa antiga  tradição florentina da Cavalgada dos Magos, e se repete todo dia 6 de janeiro. A procissão  começa a tarde, sai do Palácio Pitti, vai a Piazza della Signoria e chega a Piazza del Duomo, na área anteriormente conhecida como o “Paraíso”, entre a Catedral e o Batistério.

Florença, a Cavalgada dos Reis Magos

O “Magos” a cavalo, vestindo trajes do Renascimento, como nos afrescos de Benozzo Gozzoli, são precedidos por uma procissão de centenas de pessoas em traje, tais como os representantes de municípios da província de Florença, jogadores do futebol histórico, cavaleiros, sbandeiratori, etc.

CURIOSIDADE:

No dia 5 para 6 de janeiro se comemora a passagem da Befana, você sabe o que é? Então leia -> 06.01 – A festa da Befana na Itália, como nasceu a lenda?

É um evento imperdível para quem estará na cidade, veja a programação de 2018:

11,00 – No Duomo: presepe vivente
14.00 – Piazza Pitti: Dança Renascentista  organizada pela Associazione Culturale Contrada Alfiere
Partida do Desfile com 700 figurantes
percurso – veja mapa no final do texto – piazza pitti, via guicciardini, ponte vecchio, via por s. maria, via lambertesca, loggiato degli uffizi, piazza della signoria, via Calzaiuoli, piazza duomo
14.30 – Na Piazza Duomo: apresentação de música do “Coro piccolo melograno”
14.30 – Na Piazza della Signoria: o Corteo Storico della Repubblica Fiorentina (grupo folclórico que representa a República de Florença durante o Renascimento) se reunirá ao grupo dos Magos para o desfile.
15.00: Chegada a Piazza del Duomo:

  • saudação aos componentes do desfile e scoppio della colubrina (estouro de fogos)
  • oferta dos Reis Magos ao menino Jesus
  • falará Franco Lucchesi, Presidente dell’Opera di Santa Maria del Fiore
  • leitura do Evangelho
  • saudações do Arcebispo Giuseppe Betori
  • encontro com os representantes das crianças da diocese
  • lançamento de balões
  • retorno do desfile

A programação oficial AQUI.

BEFANA

Ainda, saibam que na noite entre o dia 5 e 6 de janeiro, segundo a tradição italiana, se comemora a visita da Befana, a bruxinha boa que traz doces as crianças, saiba mais sobre essa tradição italiana aqui –> A festa da Befana na Itália, como nasceu a lenda?

Veja alguns vídeos:

*Este post contém indicações para  serviços de afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.


Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Mapa

Participe e dê seu pitaco!