Disputa história no mar, conheça o Palio Marinaro dell’Argentario

09/ago | por Deyse Ribeiro

Conheça uma das festas mais marcantes do sul da Toscana, o Palio Marinaro dell’Argentario.

Em Porto Santo Stefano desde 1937 ocorre a disputa do “Palio Marinaro dell’Argentario“, uma regata que coloca quatro barcos a remo em competição, representando os quatro distritos (bairros) da cidade: Valle, Fortezza, Croce e Pilarella. Cada tripulação é composta por quatro remadores e um timoneiro. O cansaço das tripulações e a participação coral dos habitantes dos distritos refletem, respectivamente, a vida dura dos pescadores e marinheiros e as expectativas e esperanças de quem os espera em terra.

Leia o texto sobre Porto Santo Stefano e Monte Argentário:

A lenda que dá origem ao Palio Marinaro remonta ao tempo em que a Costa do Mar Tirreno foi saqueada por piratas. Diz-se que uma “tartarona” – um típico barco de pesca de Porto Santo Stefano – , enquanto pescava na costa do Argentario, foi avistada por um navio Saraceno (bárbaro). Para escapar da captura, a tripulação do “tartarone” se envolveu em uma furiosa regata contra piratas. Graças à força, tenacidade dos Santostefanesi, eles conseguiram chegar em uma caverna escondida atrás da Punta della Cacciarella, escapando dos saqueadores. Desde então, esse lugar é conhecido por todos como “Grotta del Turco”.

Desde o início do século XVIII, em memória deste episódio, há depoimentos de competições entre tripulações, um representando os piratas e o outro os pescadores, que a cada ano, desafiavam-se numa longa corrida. Sebastiano Lambardi, em suas “Memórias do Monte Argentario” conta que, em 1701, por ocasião da visita do rei espanhol Filippo V, foram organizadas “corridas de barco”.

o brasão de cada time

A partir da segunda metade do século XIX, na primeira semana de agosto, por ocasião da celebração do padroeiro, foi inserida nas festividades uma competição entre os barcos a remo.

Em 1937, quando o Município de Monte Argentario assumiu a organização da regata, passou a ditar as regras do que mais tarde foi chamado Palio Marinaro dell’Argentario.

o povo leva bem a sério o jogo – a torcida é animada

 

No entanto, além da lenda, o Palio Marinaro dell’Argentario só pode ser descendente da tradição da navegação da cidade de Santo Stefano, usada para colocar a força no remo, tanto para a pesca costeira, como para puxar os navios quando estes permanecessem calmos.

Hoje em Porto Santo Stefano, o Palio tornou-se o meio usado pelos habitantes locais para expressar a sua ligação ao mar e às tradições do campo.

Programa:

nos dias que antecedem e depois do Palio há vários eventos, siga aqui.

no dia 15 de agosto acorre então o Palio, e o programa é o seguinte:

  • 17h00 Desfile dos Rioni (times que correspondem aos bairros)
  • 19h00 Palio Marinaro dell’Argentario
  • Cerimônia de premiação da tripulação (prefeitura)

Fotos: site oficial do evento

*Este post contém indicações para  serviços de afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.


Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Mapa

Participe e dê seu pitaco!