By

Quem não sonha em tirar as mais belas fotos nos campos de girassol? Neste texto saiba tudo sobre os Girassóis na Toscana: onde encontrar e quando.

publicado em 2016 e atualizado em 2020

Embora a deslumbrante imagem amarela de um girassol seja atemporal, sua localização não é! Por mais que você leia um texto (como esse) que lhe diga onde encontrar as plantações, saiba que não é uma certeza matemática!!!

Os girassóis são uma colheita rotativa, que muda de campo todos os anos, criando assim ziguezagues no mapa de alguém que pretende capturar essas enormes flores em fotos. Eles não podem ser plantados no mesmo terreno antes de 3 a 5 anos.

O primeiro crescimento (ainda verde) começa a aparecer no início/meados de junho, que é realmente a única indicação que temos de onde esses campos (indescritíveis) estarão surgindo. Mas os campos só começam a florecer em julho, e se o tempo estiver a seu favor durará até o início de agosto.

Durante minhas viagens no final da primavera (2017, 2018 e 2019), tentei anotar novos campos, verifiquei alguns campos do ano passado e usei minhas fontes para encontrar algumas surpresas. Desejo-lhe felicidades em sua caça ao tesouro e espero que você compartilhe algumas fotos dos campos que encontrar (completo com um endereço ou área!).

  • Que tal um dia entre os girassóis da Toscana? podemos reservar um transporte para te levar, reserve AQUI.
  • Que tal uma sessão de fotos em meio aos girassóis com um fotógrafo profissional? reserve AQUI

DCIM100GOPROGOPR0452.

Quando ir:

A estação do girassol normalmente começa em junho, mas eles emergem completamente em toda a sua glória amarela em julho, permanecendo até o início de agosto. A Toscana é uma das poucas áreas da Itália em que são cultivadas e vale a pena uma viagem em busca dessas belezas.

Onde encontrar:

  • Província de Pisa:

Para maximizar a vista destas belezas, reserve alguns dias em uma vila da Toscana ou em um Agriturismo perto de Pisa e explorar Vettola, Sanpiero a Grado, a província de Pisa, na mesma época dos girassóis, tem maravilhosos campos de Lavanda – veja aqui – Lavanda na Toscana: onde encontrar e quando ir

Vou ser mais precisa – saindo de Florença em direção ao mar de Pisa ou Livorno, pegue a SCG FI-PI-LI (a principal rodovia sem pedágio que liga Florença, Pisa e Livorno) pegue a saída Lavoria ou Vicarello. Eles plantaram vários campos de girassóis nas estradinhas em torno dessas duas saídas.

Ainda, na mesma estrada, na saída NAVACCHIO, logo que você fizer a curva da saída da auto-estrada SCG FI-PI-LI verá algumas plantações, se não, continue na pequena estrada que leva a Tirrenia, é garantia de encontrar não 1 mas dezenas delas. Essa é garantida, é perto da minha casa ahahaha…

Em San Piero a Grado ficam alguns campos da Universidade de Pisa de agronomia e por isso há também possibilidade de encontrar algumas cultivações.

Como sempre e mais do que nunca, é uma invasão de girassóis ao longo da Via Traversagna na área industrial de Vecchiano, perto da saída de Pisa Nord das rodovias A11 e A12. Há pequenos lotes de girassóis também ao longo da Via del Mare, entre Migliarino e Marina di Vecchiano.

Em Vicopisano, embaixo da fortaleza, há uma única extensão enorme e sugestiva de girassóis. Uau!

O caminho entre Volterra e Pontedera é um caminho ao qual estou muito apegada: quando eu faço tours em Volterra, eu sigo essa estrada do início da primavera até o final do verão. As vistas são lindas e os girassóis animam o ambiente e o tornam verdadeiramente único e esplêndido.

Outra opção é pegar a estrada interna (não a estrada à pagamento ou auto-estrada) que vai de Pisa para Lucca, antes de sair da província de Pisa encontrará várias plantações.

no campo pertinho da minha casa

  • Província de Florença

Um local seguro para encontrá-los é a região do Mugello, onde os edifícios costumam ser completamente cercados. A região não só tem ótimas castanhas e massas de tortelli cheias de batata, mas também tem um estoque secreto de campos de girassol. Opte pelas redondezas da cidade de Borgo San Lorenzo.

A uma curta distância do Lago Bilancino, em direção a Florença e à Villa Medici em Cafaggiolo, você encontrará um campo de girassóis.

  • Província de Livorno

    • Indo em direção à costa, na cidade de Vada na província de Livorno.
    • Ao longo da viale delle Pincipesse em San Vincenzo, existem vários campos de girassóis.
    • A Via Suveretana, que leva a Suvereto, tem uma extensão de girassóis entre vinhas verdejantes no caminho para a bonita cidade.
  • Província de Arezzo

A área de Arezzo é realmente mais conhecida por sua colheita de tabaco e grãos, com várias sagras de verão para saborear os sabores e atividades locais que retiram os tratores antigos e as ferramentas agrícolas antigas, para que você possa ver como “costumava ser feito”. Mas este ano, centrando-se nas muitas cidades pequenas, como Poppi, Subbiano e Monterchi, você encontrará vários campos de girassol visíveis ao logo na estrada principal.

Você também encontrará alguns campos frescos entre Monte Sansavino e Lucignano. Cortona também valerá a parada!

  • Província de Siena

Siena é uma das áreas mais visitadas por quem procura cidades medievais. O que um visitante pode não estar esperando é ser recebido por ondas de girassóis espalhadas pela região. Como uma colheita rotativa, a localização desses campos varia de ano para ano, mas, percorrendo as pequenas estradas como em Val d’Orcia, você encontrará uma vista gloriosa que vale a pena dirigir. Pienza e Montepulciano são tão ricos em girassóis quanto em arte e beleza.

Siga em direção a San Gamignano, uma cidade medieval famosa por suas torres, e surpreenda-se com o tapete de ouro que o recebe perto de Taverna di Bibbiano, além de campos perfumados de lavanda.

Se você estiver viajando pela Autostrada del Sole, vindo de Roma, encontrará um campo no seu lado direito, a meio caminho entre a saída para Chiusi/Chianciano Terme e Sinalunga . Em vez disso, você está indo para o sul, à esquerda, logo após a saída para Sinalunga.

Ainda, viajando pela via Cassia, entre Siena e Montalcino, há muitas opções para uma sessão de fotos. A não perder é logo após a rotatória em Monteroni d’Arbia, onde um castelo, vinhedos e girassóis criam uma imagem espetacular. Também a Abadia de San Galgano, com ciprestes tipicamente toscanos, ruínas antigas e um tapete amarelo; um local a não perder para fotografias incríveis.

  • Província de Grosseto

Não deixe de conferir Massa Marittima , uma área em que os girassóis crescem há anos. Faça uma viagem a partir de Colle Val D’Elsa (província de Siena) até a costa e fique deslumbrado com as estradas ladeadas por pinheiros Mediterrâneo e de flores.

O parque Uccellina em Alberese, Grosseto, é outro lugar para se perder em um mar amarelo. Outras estradas:

  • entre Scarlino Scalo e Scarlino,
  • entre a saída de Aurelia e a cidade de Magliano
  • entre Magliano e Albinia
  • entre Grosseto e Principina (perto das estradas Trappola e Aurelia)
  • Castel del Piano
  • algumas estradas entre Pitigliano e Sovana

  • Província de Pistoia

Existem vários campos de girassóis na área de Monsummano, ao longo da variante que leva a Castelmartini. E então entre Montecatini e Collodi (não ao longo da estrada)!

  • Província de Lucca

Você conhece a esplêndida Villa Reale di Marlia? Perto dela também há belas áreas de plantação.

  • Que tal um dia entre os girassóis da Toscana? podemos reservar um transporte para te levar, reserve AQUI.
  • Que tal uma sessão de fotos em meio aos girassóis com um fotógrafo profissional? reserve AQUI

Girassóis e o mito de Clitia

Ao sair em busca dessas flores maravilhosas, lembre-se do mito de Clitia (também chamada de Clicie) e da fascinante lenda sobre o girassol.

Na mitologia grega, Clitia é uma ninfa filha de Oceano e Tétis. Ela se apaixonou por Apolo ( na mitologia romana, já na grega é Helio) – deus do sol – , que não lhe correspondeu. Sofrendo, Clitia começou a definhar. Ficava durante todo o dia sentada no chão frio com sua tranças desatadas sob os ombros. Assim passaram-se os dias sem que ela comesse ou bebesse, alimentava-se apenas das próprias lágrimas. Durante o dia contemplava o Sol desde o nascente ao poente, era a única coisa que via e seu rosto estava sempre voltado para ele, já à noite, curvava-se para chorar.

 Apollo decidiu transformá-la em uma flor de ouro, o girassol, que muda de inclinação durante o dia, assim como o sol se move no céu.

banner2

O Passeios na Toscana é uma empresa de venda de serviços turísticos, criada por Deyse Ribeiro, guia de turismo autorizado e especialista em turismo na Itália. Aqui você pode reservar tours particulares em português na Toscana e na Itália, além de serviços como transfers, sessões fotográficas, passeios de barco,  tours gastronômicos, aula de culinária, organização de casamentos e muito mais. Conheça nossos TOURS e EXPERIENCIAS.

Não deixe de baixar os mapas grátis da Toscana aqui!