Onde estacionar seu carro em Florença?

10/nov | por Deyse Ribeiro

Depois de escrever sobre a ZTL de Florença e responder algumas perguntas de grande importância para quem viaja de carro, é o momento de escrever sobre onde estacionar em Florença.

*texto atualizado fevereiro 2018

Antes de ler este texto compreender melhor como funciona a cidade e como visita-la, indico que leia esses 3 textos:

Agora vamos as perguntas:

Meu hotel é fora da cidade, pretendo passar 1 dia em Florença, como faço?

Primeiramente, ao procurar um hotel fora da cidade, um conselho é ver se ha uma estação de trem na cidade que escolheu, porque visitar a cidade de trem é uma opção rápida e barata. Tive alguns clientes que estavam em Pistoia e foram por 3 dias, indo e vindo de Florença de carro e pagando muito caro pelo estacionamento, e não sabiam que a estação de trem ficava perto do hotel deles! Portanto se tem como facilitar porque vamos complicar não é?

Se não ha como usar o transporte público (ônibus ou trem) e você alugou um carro para se deslocar pela Toscana e pretende visitar Florença por um dia, o melhor é deixar o carro em um dos muitos  estacionamentos que circundam o centro histórico e evitar entrar na área da ZTL.

IMG_6062

Onde posso estacionar em Florença?

Estacionamento em Florença nem sempre é fácil, pois a cidade parece não ter o espaço! O centro é composto de uma área de zona de tráfego limitado,  ZTL, que acaba dificultando ainda mais suas opções de estacionamento.

Dito isto, chegando na cidade, veja as opções que um turista tem para estacionar:

  1. estacionamentos pagos
  2. garagens privadas
  3. estacionamento na rua: faixa azul
  4. estacionamento livre
  5. fora de Florença

Em primeiro lugar, leia o nosso texto sobre a ZTL

O centro histórico de Florença é uma Zona de Tráfego Limitato, ou ZTL e autorizações especiais são necessários para entrar. Há multas altas, se você entrar sem ter a autorização correta, portanto entenda como funciona antes de dirigir na cidade.

Vamos as opções de estacionamento:

1. Estacionamento pago

Há muitas opções em todo o centro histórico, incluindo uma sob a estação ferroviária de Santa Maria Novella. Parte desses grandes estacionamentos são do Firenze Parcheggi, uma empresa ligada a Prefeitura.

No mapa abaixo você pode ver onde ficam estes estacionamentos à pagamento:

park

Pergunta mais comum – Qual o mais cômodo ao centro? – é sem dúvida da estação de trem, porém é o mais caro.

Perto da estação de trem (lado leste do centro), você também pode estacionar  na Fortezza da Basso e Porta al Prato.

A oeste do centro, você encontrará o estacionamento na Piazza Ghiberti (chamado Sant Ambrogio) e Piazza Beccaria, para o norte a uma na Piazza della Libertà (Platéia) e ao sul o de Porta Romana, isso para citar apenas os mais central.

Andar a pé a partir destes estacionamentos do centro da cidade, geralmente leva 10-15 minutos. Você também pode pegar um ônibus se você desejar. Leia sobre o transporte em Florença aqui.

O custo muda muito dependendo de onde estacionar, veja alguns preços:

estacionamento

Mais informações sobre estes estacionamentos e endereços de cada um aqui – por favor clique e confira os preços e endereço no mapa para se orientar:

Eu acredito que, se você for ver os principais monumentos e museus pode estacionar mais barato em: Fortezza, Parterre e Porta a Prato.

Ha um pequeno estacionamento na estação central, mas chamada de SMN Binario 16, que fica entre a estação e a Fortezza, onde o estacionamento ha o mesmo preço da Fortezza.

mappark

2. Garagens Privadas

Estes são a opção mais cara, com custos que variam de 30-80 euros por dia. Mas eles são convenientes, como existem várias no centro histórico. Você tem que dirigir para a área de ZTL para chegar a eles, então certifique-se de combinar com eles para comunicar a sua placa de licença às autoridades para que você não vai receber uma multa!

estacionamento pago

Existem várias a única que eu ja fui é a Garagem da Via Borgo Ognissanti, onde ficam a Hertz, Avis e Budget, ali o valor era 30 euros por dia.

3. Estacionamento na rua: faixa azul

Além de estacionamentos pagos, também há estacionamentos na rua disponíveis, sobretudo nas áreas residenciais fora do centro histórico. Estes podem ser a opção mais barata e também pode significar uma caminhada mais longa, mas ainda cerca de 20-30 minutos do centro. Estes são difíceis de encontrar pois você estára competindo com os moradores para estes espaços.

Os espaços marcados no chão com marcas azuis e brancas  no centro são apenas para residentes (amarelo para estacionamento para deficientes físicos). Fora do centro, as áreas azuis e brancas podem ser a pagamento, agora, porque eu disse “podem ser” porque você deve verificar se na placa de P de estacionamento, não esta escrito “solo residente” porque nestes casos são possíveis somente aos residentes dentro de horários específicos, portanto nem pagando!

Veja a placa abaixo, essa é de uma estacionamento, faixa azul, permitido para não residentes.

estacionamento6

Encontre um medidor de estacionamento nas proximidades (marcada com um sinal de P acima) e pagar antecipadamente as horas você pretende ficar.

estacionamento3

Esse é um exemplo maquina de pagamento de estacionamento. Na máquina vem escrito o valor por hora, coloque as moedas e a medida que você coloca dinheiro, o painel indica o tempo de estacionamento pago. Não da troco! Assim que chegar a hora que pretende ficar, aperte o botão verde, e em seguida, colocar o pedaço de papel que a máquina imprimiu de volta no painel do carro, onde é visível.

Normalmente as faixas azuis são pagas das 7 ou 6 as 20s, depois, em geral, são livres (leia sempre antes o horário). Normalmente sábado após as 14 e domingos e feriados também são grátis.

Custos:  em todas as zonas mais próximas do centro o custo é em geral de 2 euros para a primeira hora, 3 horas para cada hora após.

Estacionar a noite: Se você quiser estacionar durante a noite, verifique as placas nas proximidades, que irá indicar o horário e dia da semana reservado para limpeza de ruas, que normalmente ocorre entre meia-noite e seis horas da manhã em algumas ruas. Seu carro pode ser rebocado se estacionado nesses dias.

estacionamento 4

Boas áreas para estacionamento na rua:

  •  ao longo do Lungarno della Zecca Vecchia, lado  das construções, fica a menos de 10 minutos a pé da área de Santa Croce.
  • na rua ao longo da Viali di circonvalazione (anel viário que circunda o centro histórico) entre a Piazza Beccaria e Lungarno della Zecca Vecchia. Existe até um certo estacionamento pequeno a direita da Torre della Zecca, antes do Lungarno della Zecca Vecchia
  • Se não há estacionamento lá, continuar pelo Lungarno e após a torre, passar a Ponte di San Niccolò – há mais estacionamento na rua em Lungarno del Tempio, Lungarno Cellini e Lungarno Ferrucci no outro lado do Arno – todos a curta distância.
  • há também uma boa quantidade de estacionamento na rua abaixo do Piazzale Michelangelo, ao longo da Via dei Bastioni que é uma rua de sentido único a partir de Viale Michelangelo. Você tem que continuar após o Piazzale Michelangelo indo em direção a Piazza Ferrucci – há um semáforo na Via dei Bastioni, vire à esquerda.
  • há um pequeno estacionamento perto de Porta San Frediano, muito próximo à entrada para a área de ZTL, por isso tenha cuidado
  •  ao longo da Viale Petrarca em direção a Porta Romana e parque ao longo do muro.

estacionamento1

4. Estacionamento livre:

É quase impossível hoje em dia encontrar estacionamento gratuito em Florença, o mais próximo que você vai chegar ao centro da cidade e estacionar de graça era no Piazzale Michelangelo. Sim, era porque não é mais. Desde fevereiro de 2016, a praça é quase toda área de pedestre e apenas 78 lugares foram reservados para estacionar, mas todos eles são pagos. Estão já fazemos outros 80 lugares nas proximidades para chegar o número total de 158lugares, mas  serão todos pagos para incentivar curtas paragens. Custo: € 1 na primeira hora, 2 € cada hora adicional (das 8 às 24hs).

Se antes era difícil encontrar lugares livres, agora é mais. Muitas pessoas simplesmente estacionam para apreciar a bela vista que oferece a Piazzale, e depois vão embora, assim você sempre pode esperar até que esteja livre um lugar (rezando!).

A partir daqui, é descida morro abaixo para o centro: Ponte Vecchio fica a 30 minutos de caminhada, enquanto para a estação de trem SMN eu indico pegar  um ônibus, o n. 13 ou 12, demora uns 20 min para chegar no centro. Atenção pois alguns estacionamentos tem placas de “solo residente”.

Ainda, à noite (das 20 às 8hs) e nos domingos e feriados é livre (sem pagamento) é possível estacionar na Via Curtatone.

Nos fins de semana e feriados eu indico também estacionar gratuitamente ao longo das vias Viale Francesco Talenti e Via Sansovino, onde ha algumas áreas de estacionamento azul e branco, mas as azuis são livres no domingo e feriados. Dali é possível pegar o tram e em 15 min estar no centro, a parada é na estação de Santa Maria Novella.

Atenção: no verão, muitas vezes há concertos e outros eventos realizados na Piazzale Michelangelo. Nesses momentos, parte ou todo o estacionamento será fechado. Olhe para os sinais!

estacionamento2

5. Estacionamento fora de Florença

É recomendado, seguro e conveniente estacionar fora de Florença e, em seguida, usar o sistema de transporte público para chegar em Florença.

Trans e ônibus compartilham o mesmo bilhete ATAF que custa 1,20 euros para 90 minutos (compra em uma loja de tabaco ou quiosque antes do embarque como expliquei aqui). Você pode comprar a bordo no preço ligeiramente mais elevado (€ 2).

Já um grande estacionamento fora do centro de Florença, é o ao longo do percurso do Tram, e por isso considero muito “fácil” (já usei várias vezes) o endereço exato é Via del Sansovino, 53, com a sua paragem de Tram logo em frente. É um parque de estacionamento pago, com taxas, no entanto, muito mais baratas do que as mais próximas do centro. É aberta 24 horas  e custa 1 euro para a primeira hora, € 0,50 por cada meia hora subsequente. O valor máximo diário chega a 12 euros.

Se você quiser estacionar perto do centro de Florença mas não tão longe quanto Galluzzo, e se você não encontrar lugares livres no Piazzale Michelangelo, saiba que há um estacionamento pago ao longo da Via del Gelsomino, à direita na estrada que leva à Piazzale. Endereço exato – Via del Gelsomino, 11. Aberto 24 horas, custa 1 euro para a primeira hora e € 0,50 por cada meia hora subsequente. Taxa máxima diária € 15.

As opções de estacionamento fora de Florença são:

  • SCANDICCI:
    • são estacionamentos mais fáceis ao longo da linha do Tram que funciona de Scandicci à estação de trem SMN em Florença. O maior é o grande supermercado COOP na Viale Nenni. A paragem do tram é em frente ao supermercado e se chama de “Nenni-Torregalli”. É um passeio de 10-15min em Florença. Este é um  estacionamento gratuito.
    • Outro parque de estacionamento gratuito está perto da paragem “Arcipressi” na Via Andrea di Pontedera, com lugares tanto no nível do solo e subsolo.
    • Outro parque de estacionamento gratuito também está bem atrás do supermercado COOP na Viale Talenti (na Via Galileo Chini), mas esta é menor e geralmente lotados de clientes do supermercado. Também é difícil conseguir se você está saindo da estrada Fi-Pi-Li (mais fácil se você está vindo de Florença).
  • GALLUZZO
    • Quando sair da A1 na saída Firenze-Impruneta ou na saída da estrada Firenze-Siena, em direção a Florença, após a rotatória, você encontrará logo a pós a esquerda uma pequena “cidade”, Galuzzo, na verdade é um mosteiro, e la na praça central há um parque de estacionamento gratuito. A partir da praça você poderá pegar o ônibus 36 ou 37 direto para Florença (10 min ônibus).
  • FIRENZE IMPRUNETA (anteriormente chamado CERTOSA FIRENZE)
    • Este estacionamento gratuito está à direita na saída “Firenze Impruneta” (costumava ser chamado Firenze Certosa, no caso de você encontrar antigas referências a esse nome) na auto-estrada A1 e da auto-estrada Firenze-Siena. A partir da praça você poderá pegar o ônibus 37 direto para Florença (10 min ônibus).
  • NOVIDADE – VILLA CONSTANZA – Por outro lado, se você deseja estacionar fora do centro histórico de Florença, é aconselhável usar o chamado “parcheggio scambiatore” inaugurado em junho de 2107 na saída VILLA COSTANZA (posição no google maps) da A1, entre as saídas Scandicci e Impruneta.  De lá, você pode pegar o TRAM que parte a cada 3/4 minutos com parada na a estação de Santa Maria Novella. Em média, em 23 minutos você chega no centro histórico de Florença. O estacionamento é acessível 24 horas por dia, todos os dias, e ainda você tem acesso sem ter que sair da rodovia. As taxas de estacionamento são as seguintes
    • 30 minutos: € 0,50
    • 1 hora:€ 1,00
    • 4 horas:€ 2,00
    • 8 horas:€ 4,00
    • 24 horas: € 7,00

dicas

Por favor, para maiores indicações de preços e regras, veja nos sites oficiais das garagens (veja no link de cada uma delas) e no:

Se precisar alugar um carro em Florença, eu indico a parceira do Blog, a Rental Cars, é um site que reúne as melhores ofertas entre as várias operadoras conhecidas como Avis, Budget, Herz, Europcar, entre outras. Porque convém?

  • Garantia do melhor preço
  • Sem Taxas de Cartão de Crédito
  • Altere ou cancele sua reserva pela internet de forma rápida e fácil

Ao invés de procurar em vários sites, vá direto a RentalCars.com

 

Espero que tenha ajudo essas informações. Se você ja foi em Florença e teve alguma experiência de estacionamento, conte pra gente!

*Este post contém links para afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!