Termas livres: onde fazer banhos termais grátis em meio a natureza na Toscana

21/dez | por Deyse Ribeiro

A Toscana é rica em depósitos de águas termais, e possui o maior número de áreas termais na Itália, são na verdade são 24!. Os spas da Toscana são águas hipertermais que variam na temperatura de 25 ° C em Montecatini Terme a 54 ° C em Bagni San Filippo.

terme bagni di san filippo

Os Banhos Termais são conhecidos desde o imperador Augusto, portanto conhecidos e admirados pela sua qualidade e diversidade de suas águas que os fizeram famosos em todo o mundo como forma de prevenção e tratamento de muitas doenças: reumática, respiratória, aparelho digestivo, vascular, dermatologia, aparelho urinário, ginecológico, reabilitação respiratória e motora.

Terme di Petriolo

Terme di Petriolo

Há várias localidades inclusive onde é possível fazer banhos termais quentes sem pagar nada por isso, são as chamadas “terme libere”, onde ha cascatas ou mesmo nascentes onde a comunidade libera o uso comum e imerso na natureza. Eu sou amante desses locais, quem segue o blog no facebook e no instagram viu que, na minha última viagem pela Val D’Orcia no final de novembro visitei quase todas as áreas termais livres da Toscana, faltando somente Saturnia, que ja conhecia e ja escrevi sobre ela aqui.

A grande maioria é acessível somente á pé, portanto não há muitas placas e informação a respeito, por isso vou fazer um texto sobre cada uma dessas áreas termais livres. E no final do texto tem um mapa com todas as áreas termais livres para que você possa ter uma idéia de onde eles se encontram no Estado.

Leia também a lista de spas e termas a pagamento na Toscana → Termas na Toscana: uma região rica de spas e banhos quentes

TERME LIBERE : águas quentes ao ar livre

saturnia

Cascata del Mulino – Saturnia

1. As cascatas da Terme di Saturnia 

ja falei dela aqui: Terme di Saturnia: onde fazer banhos termais gratuitos em meio ao verde

Hoje esta é uma das mais famosas estâncias termais na Itália, mas também para os amantes dos banhos quentes ao ar livre.
A nascente termal vem de uma cratera vulcânica onde hoje se encontra o spa e, então, flui ao longo do córrego para o Rio Gorello que cria uma série de quedas d’água chamadas de Molino. Aqui, a entrada é gratuita e a paisagem é fabulosa, sempre envolto em nuvens de vapor por causa da temperatura da água termal. O sulfato de hidrogénio e dióxido de carbono tornam as águas de Saturnia particularmente benéficas para a pele, os ossos e do sistema respiratório.

terme di petriolo_1

Bagno di Petriolo

2. Nas pedras de Bagni di Petriolo

Os romanos foram os verdadeiros especialistas quando se trata de nascentes de águas termais e Cícero, em uma carta, cita as águas do Petriolo e suas propriedades benéficas. A primeira área termal desta cidade, que está situada na área de Siena, nas margens do rio Farma, é de 1400 e você ainda pode admirar a antiga estrutura de alvenaria. Para chegar as fontes termais livres a maneira mais fácil é deixar o carro no estacionamento do spa e ir até o córrego próximo com uma caminhada de cerca de 15 minutos. No meio de um riacho que você vai encontrar uma rocha branca chamada de cogumelo que tem um orifício central a partir do qual flui a água termal. O cheiro não é agradável, porque essa água é hiper rica em sais naturais, mas também de enxofre, mas deixa a pele aveludada. Eu testei!

bagno vignoni

Bagno Vignoni

3. A piscina romana de Bagno Vignoni

Bagno Vignoni é conhecido pela sua antiga piscina térmica que fica no centro da cidade, como se fosse uma praça de água. Aqui não é permitido banhar-se, mas a apenas algumas centenas de metros abaixo do Parque dei Mullins é permitido, há uma banheira cercada por arbustos que recolhe água termal que flui através de pequenos córregos e cachoeiras.

Ja falei sobre ele aqui -> Bagno Vignoni: natureza e banhos termais grátis

sanfilippo

Cascata em Bagni San Filippo

4. No “Fosso Bianco” de Bagni San Filippo

Perto do Monte Amiata e de Castiglione d’Orcia surge uma área termal livre, e das mais emocionantes da Toscana: Bagni San Filippo. Antes de chegar no vilarejo, uma placa anuncia “as cascatas”, e à pé, descendo pela estrada ao longo de um percurso cercado por uma vegetação exuberante, chegamos a primeira cascata coberta de penugem branca, este fenômeno é devido ao boro, que essas águas são ricas e que se instala em tudo, inclusive nas pedras. O símbolo do lugar é a baleia branca, um enorme bloco de pedra semelhante a uma baleia que se formou graças aos sedimentos das águas termais. O contraste com o verde do território ao redor é único. Indo mais longe, chega-se ao Fosso Bianco perto do spa. Ao longo do percurso você pode banhar-se em pequenas poças naturais e artificiais.

Já falei  sobre ele aqui ->Bagni di San Filippo, banhos termais ao ar livre

terme di san casciano

5. Os tanques de pedra de San Casciano dei Bagni

Esta cidade tem menos de 42 nascentes termais que a tornam o terceiro maior complexo de banhos da Europa pela a quantidade de água. As termas de San Casciano Bagni, que fica na província de Siena eram conhecidos desde os romanos tanto a ponto de ser um dos favoritos do imperador Otaviano. A paisagem é linda, porque a cidade está localizada no alto do Monte Cetona com florestas e prados verdes. Descendo a rua principal da cidade e girando para a direita, é possível encontrar com uma nascente de água termal que cria pequenas piscinas e pequenas cascatas, ha ainda um “lavatoio”antigo,e por fim 2 tanques-piscinas  onde é possível banhar-se cercado pela natureza, a 40 graus.

Então não perca os próximos textos sobre as termas livres na Toscana, vou dar a dica de como chegar em cada um deles, o que na maioria dos casos não é nada fácil!



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Mapa

Participe e dê seu pitaco!