Basílica de Santa Maria Novella em Florença e suas obras Renascentistas

11/nov | por Revisão

Conheça a bela Basílica de Santa Maria Novella, caracterizada pelo seu magnífico interior, decorado com numerosos afrescos e esculturas.

Basílica de Santa Maria Novella

A Basílica de Santa Maria Novella está situada em uma área do centro histórico de Florença que tinha sido devastada no século VI, durante a invasão dos Ostrogodos. Quando a área foi remodelada no século seguinte, recebeu o nome de “novellae“( novo), daí o nome que a igreja receberia séculos depois.

Antes da construção da atual basílica, havia ali uma pequena igreja chamada Santa Maria delle Vigne (chamada assim por causa dos terrenos agrícolas e vinhedos que a circundavam). Em 1221 a igreja foi dada a treze frades dominicanos liderados por João Salerno, o qual havia sido enviado a Florença dois anos antes pelo próprio São Domingos em pessoa. A comunidade logo cresceu e a igreja acabou ficando pequena demais para acolher todos os fiéis. Assim, em 1279 iniciou-se a construção de uma igreja maior. As obras principais terminaram em 1357, mas a igreja foi consagrada somente em 1420, com a fachada ainda incompleta.

Somente em 1458-1470 as obras da fachada foram concluídas por um dos maiores arquitetos e humanista do Renascimento, Leon Batista Alberti.

Basilica di San Maria Novella

Basilica di San Maria Novella

Uma curiosidade: Antes da chegada dos dominicanos, a área era “um lugar de grande sujeira”, com um bordel nas proximidades!

 

O interior:

A igreja tem uma planta de cruz latina com uma nave principal e dois corredores laterais. Quando entramos lá, o que logo chama a nossa antenção é um grande crucifixo que fica pendurado no teto. O crucifixo foi realizado por Giotto, provavelmente no início do século XIV, para ficar no altar principal.

santa-maria-novella-igreja-florenca

O crucifixo de Giotto

O púlpito de mármore no segundo pilar à esquerda foi desenhado em 1443 por Filippo Brunelleschi, mas ele delegou a construção a Giovanni di Pietro del Ticcia e ao filho adotivo e estudante, Andrea Cavalcanti. Este último projetou os relevos com cenas bíblicas que decoram o púlpito.

Brunelleschi também é autor do Crucifixo de madeira que se encontra à esquerda do altar principal. Se diz que ele realizou este crucifixo entre 1410 e 1415 em competição com o amigo Donatello, o qual havia criado também um crucifixo para a Capela de Bardi, na Basílica de Santa Croce.

O crucifixo de Brun

O crucifixo de Brunelleschi – Capela de Bardi

Outra obra de arte imperdível é a Natividade de Sandro Botticelli e se encontra acima da porta na parte interna da fachada.

Nas paredes laterais da igreja ficam uma série de túmulos. Na parede direita está o túmulo de José II de Constantinopla, que morreu em Florença durante o Concílio de Florença. O túmulo é decorado com um retrato do patriarca. Acima deste túmulo fica o di bispo dominicano Aldobrandino Cavalcanti. O túmulo mais monumental da igreja, decorado com estátuas de Nossa Senhora e de anjos, é o de Antonio Strozzi, membro de uma poderosa família de banqueiros.

Saiba mais sobre a fachada da Basílica de Santa Maria Novella e seus curiosos instrumentos astronômicos aqui!

As capelas e os afrescos

A Basílica de Santa Maria Novella é muito conhecida por seus afrescos. Um dos mais famosos é o afresco na parede da Santíssima Trindade, executado em 1428 por Masaccio. É conhecido como um dos primeiros exemplos de correta perspectiva e anatomia do período do Renascimento.

O afresco de Masaccio

Santíssima Trindade, de Masaccio

A maioria dos afrescos podem ser encontrados nas capelas. A capela na abside é a Cappella Maggiore (capela-mor), também conhecida como a Capela Tornabuoni. Há também um crucifixo de madeira, do século XVI, obra de Giambologna. As cadeiras do coro datam do século XV, assim como os três vitrais na parede traseira, que foram criados em 1491, após um desenho de Domenico Ghirlandaio. O mesmo artista, que na época tinha como assistente um jovem de 14 anos de idade, Michelangelo Buonarroti, também criou os magníficos afrescos nas paredes. Estes afrescos, que datam de 1485-1490, retratam cenas da vida de Maria e de São João Batista, o santo padroeiro de Florença. As pinturas de teto mostram os quatro evangelistas, Mateus, Marcos, Lucas e João.

santa-maria-novella-igreja-florenca_16

Cappella Maggiore

À direita da capela principal fica a capela Strozzi, que foi pintada com afrescos de Filippino Lippi a pedido de Filippo Strozzi, o membro mais famoso da poderosa família Strozzi. Os afrescos mostram cenas da vida de São Felipe e São João Evangelista.

santa-maria-novella-igreja-florenca_11

capela Strozzi

A torre campanária

A torre campanária da Basílica de Santa Maria Novella tem cerca de 69m de altura e foi construída em 1330, usando como base a torre de observação medieval da antiga igreja. Nela ficam cinco sinos.

O cemitério

À direita da Basílica de Santa Maria Novella encontra-se um cemitério murado, o último lugar de descanso de numerosos florentinos ricos. Nas paredes ao redor do cemitério hoa 80 avelli (nichos funerários), semelhantes aos da fachada da igreja, onde membros de nobres famílias florentinas foram enterrados. Em cada nicho há brasões representando as famílias.

Os claustros

À esquerda da basílica fica mosteiro de Santa Maria Novella com dois claustros, sendo que somente um deles, o claustro verde, pode ser visitado regularmente.

santa-maria-novella-igreja-florenca_7

Claustro verde
Logo atrás da entrada encontra-se o Chiostro Verde (claustro verde). O claustro foi construído entre 1330 e 1350 e suas paredes foram decoradas no século XV por Paolo Uccello com afrescos que mostram cenas do Antigo Testamento. O nome do claustro refere-se ao tom verde dos afrescos que infelizmente foram todos danificados durante a enchente de 1966.

santa-maria-novella-igreja-florenca_6

No claustro se encontram o refeitório e a Capela dos Espanhóis (Cappellone degli Spagnoli), a antiga Sala do Capítulo e que deve seu nome ao fato de que, no século XVI, ali se reuniam os espanhóis da côrte de Eleonora de Toledo, esposa de Cosimo I de Medici. Na capela há ainda o complexo afresco de Andrea Bonaiuto, realizado no século XIV e que exalta a Ordem dos Dominicanos. O Claustro Verde também dá acesso ao Claustro dos Mortos e à Capela Strozzi, a qual também é decorada com afrescos do século XIV.

santa-maria-novella-igreja-florenca_3

Grande Claustro
O outro claustro, o Grande Claustro, fica ao lado da Capela dos Espanhóis. O claustro foi construído entre 1340 e 1360. As paredes são cobertas com afrescos que mostram cenas na vida de vários santos dominicanos. Infelizmente este claustro não é acessível ao público todos os dias, somente quando há aberturas especiais.

Veja a planta da Basílica

Veja a planta da Basílica

Missas

Os frades dominicanos continuam ainda hoje a celebrar as missas na Basílica. Veja os horários:

  •  Missas na Cappella della Pura: de segunda a sexta, às 7h30 e às 18h (em julho e agosto não é realizada a missa das 7h30). Atenção: o acesso à Cappella della Pura fica na Via degli Avelli e é separado da Basílica de Santa Maria Novella.
  • Missas na Basílica: sábado às 18h e domingo às 10.30 – 12h – 18h (em julho e agosto não é realizada a missa das 12h)

Informações

A visita à Basílica de Santa Maria Novella não é gratuita, é necessário pagar um bilhete que dá acesso ao inteiro complexo da Basílica + Museu (claustros e Capela dos Espanhóis).

Bilhetes:

  • Valor: 5 euros (inteiro) e 3,50 (reduzido para os maiores de 65 anos)
  • Crianças até 5 anos e portadores de necessidades especiais e seus acompanhantes não pagam

Horários:

De segunda a sexta-feira
Abril a Setembro 9h – 19h
Outubro a Março 9h – 17h30 (sexta-feira a partir das 11h)

Sábados e vésperas de feriados religiosos
Setembro a Junho 9h-17h30
Julho e Agosto 9h – 18h30

Domingos e feriados religiosos
Setembro a Junho 1h – 17h30
Julho e Agosto 12h – 18h30

Que tal visitar Florença com uma guia brasileira? Veja as nossas opções de tours particulares AQUI.

*Este post contém indicações para  serviços de afiliados. Para ver nossa política de monetização, clique aqui.


Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Revisão
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Mapa

Participe e dê seu pitaco!