Usando smartphones e Tablets no exterior

02/ago | por Deyse Ribeiro

Você é do tipo que viaja para o exterior pensa: “como vou dar check-in no Foursquare lá fora?”, ” Como vou postar minhas fotos no Instagram?”

Aqui dou algumas informações importantes.

Para quem viaja para o exterior, os gastos podem subir consideravelmente. Quem está fora do país está sujeito a pagar a chamada taxa de deslocamento por cada ligação recebida no exterior. Este valor é calculado por minuto e seu custo pode ser até mais alto do que a tarifa de roaming. E essa é uma das principais armadilhas das viagens. Em geral, não há cobranças altíssimas, grandes sustos na conta.

Segundo a reportagem da GLOBO (02/07/2013), “no caso da comunicação por voz, o minuto avulso de conversa com o Brasil de países da Europa (exceto Portugal), Ásia, Oceania ou Oriente Médio pode superar os R$ 11. Vale lembrar que o tempo da chamada, geralmente, começa a ser contado do momento em que o usuário aperta send. Ou seja, a cobrança é igual para quem fala dez segundos ou um minuto. Para evitar surpresas, a maioria das operadoras solicita que o cliente entre em contato antes ou durante a viagem para liberar o roaming internacional. Além disso, elas oferecem pacotes de voz que reduzem significativamente o custo do minuto.”

Ainda: “O SMS é uma opção de comunicação mais acessível para a viagem. O recebimento das mensagens de texto geralmente é gratuito, o que permite ficar sabendo o que está acontecendo em casa sem pagar por isso. O envio de textos custa bem menos que uma chamada de voz: dependendo da operadora, o valor pode ir de R$ 0,79 a R$ 1,87.”

Já o uso da internet no celular é bem mais caro!! Tá na hora da morte!!! “Um MB avulso, ou seja, fora de um pacote de dados para viagem, pode sair a R$ 35,47. Claro, Oi, Vivo e TIM oferecem planos especiais que, assim como os de voz, que têm tarifas bem mais em conta do que as avulsas, com o MB podendo sair, por exemplo, a R$ 1,99. Algumas operadoras oferecem valores fechados por dia, outras pacotes que podem ser utilizados ao longo de um mês.

Algumas operadoras exigem que o cliente habilite o serviço de roaming internacional, processo em que o usuário é transferido da rede de origem para a local, antes de viajar.

Celular funcionando fora do Brasil?

Celular funcionando fora do Brasil?

PACOTES DAS OPERADORAS BRASILEIRAS:

As operadoras brasileiras começaram a oferecer pacotes de voz e dados para viajantes ao exterior, a alternativa pode ajudar quem não deseja receber uma conta “estratosférica” para guardar de lembrança de viagem.

O Uol informa: “Em sua maioria, eles oferecem um preço fixo pago por dia em que os serviços são utilizados e de forma “ilimitada”. Em alguns casos, você é cobrado a partir da primeira ligação ou conexão móvel feita, mas pode usá-las durante o dia até o limite de minutos. Em outros, o valor cobrado é para uso mensal. Em ambos os casos, atingida a “franquia”, você deverá pagar pelo minuto excedente – um valor mais alto que uma ligação local brasileira, mas ainda mais barato que o da ligação avulsa internacional.”

Os planos não são baratos e é preciso ficar atento (leiam antes!!) ao regulamento da operadora para o serviço. É possível consultar os preços dos pacotes e tarifas diretamente no site das operadoras (Claro, Oi, TIM e Vivo).

A grande vantagem de levar o celular é que seu número será mantido e você poderá receber ligações. Porém, as tarifas costumam ser muito altas.

Por isso, é altamente recomendável que você consulte sua operadora para saber os valores.

.

PARA EVITAR GASTOS EXAGERADOS:

Assim que entrar no avião, não se esqueça de desabilitar os dados:
Se você não tiver um plano de dados internacional, desative Dados do Celular e/ou Roaming de Dados para evitar taxas de roaming de dados:

  • iPhone: toque em Ajustes > Geral > Rede→ Dados do Celular
  • iPad: toque em Ajustes > Dados do Celular.

Quando o roaming de dados e os dados do celular estiverem desativados, você não deverá visualizar um indicador de rede de celular na barra de status.

Andoid: Menu > Configurações > Conexões sem fio e rede > Redes móveis >Dados em roaming

Se esquecer, não tire seu celular do “modo avião” quando desembarcar. Você corre o risco estar com algum aplicativo aberto e consumir dados sem querer (o meu roaming é ativado automaticamente, e isso é um problema). Certifique-se disso.

.

CHIP NA ITÁLIA PARA TELEFONES E TABLETS:

Se o seu iPhone for desbloqueado (e se não for, faça isso já!), assim que chegar ao seu destino, procure por uma loja de telefonia que venda um SIM Card (chama assim na Itália) ou MicroSim, o chip com novo número de telefone. Eu indico ir nas próprias loja de operadoras, geralmente no aeroporto você encontra.

Aqui na Itália as operadoras mais conhecidas são: TIM, Vadafone, Tre (3) e Wind.

timvodafoneÍndicetre

Quando vier a Itália, você pode comprar um chip recarregável (ricaricabili), e como na maioria dos outros países, o SIM Card pré-pago vem com um número de telefone local e você escolhe o plano de ligações e dados que desejar. Quando acabar os créditos e quiser carregar mais é só ir a um Tabacchi e pedir “Vorrei fare una ricarica della TIM (nome da operadora)”.

Os Tabacchi são reconhecidos por um cartaz com um T em preto e branco, eles são o equivalente as bancas de revista no Brasil que aqui na Itália pode ser em um bar ou uma lojinha.

Sali_e_Tabacchi TABACCHI tabacchi2

Duas operadoras tem planos interessantes para o viajante:

  • Tim : plano welcome
    • inclui 220 minutos de chamadas na Itália e outros países como o Brasil (deve pedir para incluir) + 2 giga de internet
    • 30 euros por 30 dias, inclui já o preço do chip
  • Vodafone: plano holiday
    • inclui 300 minutos de chamadas na Itália e outros países como o Brasil (deve pedir para incluir) + 2 giga de internet + 300 mensagens
    • 30 euros por 30 dias, inclui já o preço do chip

Para comprar, é necessário ir a uma loja da operadora e pedir o “una scheda“, como chamamos o chip aqui, com o plano que escolheu.

DICAS DURANTE A COMPRA:
– Algumas operadoras nem pedem cadastro, outras pedem que você mostre o passaporte e assine alguns documentos.
– Deixe que o cara da loja coloque o SIM Card em seu iPhone porque eu duvido que você viaje com a chavinha para abrir a gaveta do chip (eu não!).
– Antes de sair da loja e pegar o táxi, verifique se o número está mesmo funcionando!
– Pergunte o preço do minuto e dos uso dos dados por dia.

celular_roaming_internacional

DICAS GERAIS PARA USO DO CELULAR NA SUA VIAGEM:
– Sempre que possível, use o Wi-Fi, Hotel, bar, cafés. Mesmo que você pague pela conexão (na diária do hotel, por exemplo), ela ainda tende a sair mais barata que a tarifa avulsa para dados móveis.
– Com aplicativos como WhatsApp, Skype, FaceTime e outros que permitem ligações via voz e vídeo pela internet dá para se comunicar com que também usa esses serviços, sem pagar nada a mais.
– Se você tem um iPhone, não é necessário trocar o chip para pagar pouco. Basta fazer o download do aplicativo Viber, que permite que o usuário ligue de graça para quem tem o mesmo programa (e o mesmo smartphone). A ferramenta pode ser baixada gratuitamente na iTunes Store.
– Pelo Blackberry Messenger, o usuário pode se conectar gratuitamente com donos de outros aparelhos. O aplicativo é semelhante ao conhecido Skype, que pode ser usado em celulares e gadgets com acesso à internet, para chamadas de voz ou vídeos gratuitamente.

Fontes: O Globo, Uol e Sundaycooks

Leia também:



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Participe e dê seu pitaco!