Os Jardins Panorâmicos de Florença

10/mar | por Deyse Ribeiro
Conheça os jardins panorâmicos de Florença, onde poder ver a cidade do alto, de uma nova perspectiva e imerso no verde e das flores, aproveitando o clima de primavera, ou fugindo do calor do verão.
É possível admirar a cidade de Florença do alto, imerso no verde e longe do stress do trânsito e da multidão de turistas. Logo ali, a poucos metros do  Piazzale Michelangelo, aquela famosa praça onde se podem fazer as fotos panorâmicas de Florença, existem dois maravilhosos jardins: o Giardino delle Rose (Jardim das Rosas) e o Giardino dell’Iris (Jardim do Iris).

Piazzale Michelangelo

Giardino delle Rose

O Jardim das Rosas (Giardino delle Rose) em Florença é um lugar de extraordinária beleza. O jardim, com entrada gratuita, abriga uma coleção de rosas, limões, tillandsia e outras plantas, bem como um jardim de estilo japonês e várias esculturas em bronze do artista surrealista Jean-Michel Folon.

O Jardim está localizado na área de Oltrano abaixo da Piazzale Michelangelo. Praticamente, se você estiver no Piazzale, a sua esquerda basta descer uma pequena rua e logo você encontrará a entrada do jardim.

Giardino delle Rose

O Jardim foi construído em 1865 pelo mesmo arquiteto do Piazzale Michelangelo, o Giuseppe Poggi como um dos preparativos da cidade para ser a nova capital da Itália. Pois, pra quem não sabe, em 1861 a Itália se unificou e a primeira capital foi Torino (Turim) e de 1865 até 1871 a capital da Itália foi Florença, até que Roma se tornou a capital definitiva.

Então o Jardim foi realizado como uma das obras para a “nova capital” da Itália e cobre cerca de um hectare de terra que oferece uma vista panorâmica da cidade, colocada entre a atual Avenida Poggi, Via di San Salvatore, e Via dei Bastioni.

Em 1895, o jardim foi aberto ao público durante o Festival de Artes e flores que a Sociedade de Belas Artes e da Sociedade Italiana de Horticultura começou a realizar todo mês de maio. Hoje, o jardim botânico tem cerca de 1000 variedades de rosas, dessas, 350 são espécies de rosas antigas.

Giardino delle Rose

Em 1998, o jardim foi enriquecido com um jardim japonês projetado pelo arquiteto japonês Yasuo Kitayama, chamado Shorai, doada a Florença de Kyoto (de Kodai-Ji templo Zen), cidade gêmea de Florença.

Desde setembro de 2011 esta preciosa “esquina de Florença” foi enriquecida do surrealismo típico de um artista criador de uma “cidade imaginária” fascinante onde vivem pacificamente gatos, pássaros, centauros, e homens, o grande artista Folon. Nascido em 1934, em um subúrbio de Bruxelas, conhecido por seu mundo poético todo seu, Jean-Michel Folon também foi um escultor capaz de aliviar o peso das figuras de bronze patinado, suas obras nos convidam a improváveis viagens a terras desconhecidas.

Giardino delle Rose

Depois de sua morte prematura, em 2005, algumas estátuas foram doados por sua esposa à Florença, uma cidade que ele amava profundamente, para serem exibidas de forma permanente no Giardino delle Rose.

Essas esculturas bizarras, imersas no verde, são capazes de estabelecer um diálogo ao mesmo tempo de harmonização e integração com o ambiente circundante, que nos convidam para jogar, brincar, e usar a imaginação.

Relaxe no banco ao lado do personnage, faça um carinho no Chat e se refresque na Fonte Vivre e Méditerranée, antes de sobrevoar a cidade, junto com o l’Envol vivendo uma viagem fantástica para adultos e crianças!

Dica –> As rosas florescem entre  1 de maio a 15 de junho, melhor época para visitar o Jardim! Não perca a oportunidade de deitar na grama e admirar o panorama e sentir o maravilhoso perfume das rosas! Desperte o fotógrafo que há em você!

Informações práticas
O jardim está aberto todo o ano, das 09:00 h às pôr do sol e a entrada é gratuita.
O jardim é o lar de uma permanente dez esculturas em bronze e duas em gesso de J. M Folon.Endereço: Viale Giuseppe Poggi, 2  50125 Firenze
Quem quiser pode organizar um passeio conosco pelos Jardins de Florença, dentro do City tour

Confira outras fotos do Giardino delle Rose abaixo, clique para ver as imagens maiores.

Giardino dell’Iris

O Jardim da Íris (Giardino dell’Iris) foi fundado em 1954 para sediar a primeira Competição Internacional da Íris e aberto como jardim publico somente em 1957. O local é gestão pela Sociedade Italiana da Iris, fundada em Florença em março 1959, principalmente com a finalidade de gerir o jardim projetado para acomodar o Concurso Internacional e proteger as inúmeras coleções de plantas submetidas a ele.

A principal atração, claro, é à flor de Íris: alguns dos exemplares que podem ser vistos são espécies protegidas e consideradas em ameaçada de extinção. Um dos voluntários o Carlo me explicou sobre o concurso e me explicou tudo sobre o cuidado com as plantas.

Leia mais:
Giardino Dell’Iris, um segredo bem guardado em Florença

Todas as espécies vencedoras do concurso internacional do Íris de 1954 até hoje estão presentes no jardim, mas talvez nem todos sabem,  mas  a cada ano os especialistas botânicos tentam  criar um íris vermelho escuro, como o do brasão da cidade de Florença, tal tonalidade de vermelho ainda não foi conseguida.

o íris o símbolo da cidade de Florença

Dica –> ao final do passeio você pode adquirir uma Íris, ajudando assim a manter o Jardim. Eu comprei o meu e recebi uma folha com orientações para planta-lo e mantê-lo. E já plantei no meu jardim.

Informações práticas:
O Giardino dell´Iris está aberto somente entre os dias  25 de abril a 20 de maio, época em que floresce a planta e a entrada é gratuita. site
Horário:   10.00 – 12.30 / 15.00 – 19.00
Como Chegar:  autobus n. 12 – 13 (você pode pegar na estação de trem de Santa Maria Novella)
Quem quiser pode organizar um passeio conosco pelos Jardins de Florença, dentro do City tour
Confira outras fotos do Giardino dell’Iris abaixo, clique para ver as imagens maiores.



Publicidade

Compartilhe este conteúdo:


Por Deyse Ribeiro
Twitter - Facebook - Google Plus - Instagram - RSS

Mapa

Participe e dê seu pitaco!