By

Uma concentração única de beleza! Você está pronto para descobrir os locais patrimônio UNESCO da Toscana?

A Toscana é um verdadeiro museu ao ar livre, onde as cidades são repletas de obras de arte únicas no mundo, e se alternam com vilas antigas onde o tempo parece ter parado. Uma paisagem harmoniosa, moldada pelo homem, entre colinas e fileiras de ciprestes.

  • Itália para Brasileiros

Mas você sabia que a Toscana é uma das regiões com a maior concentração de Patrimônios da UNESCO do mundo? Existem sete deles, mas na verdade há muito mais… você vai entender porque no final do texto!

1. O centro histórico de Florença

Todo o centro histórico de Florença, um baú de obras de arte e arquitetura, foi declarado Patrimônio da Humanidade desde 1982. Da Piazza Duomo, com a Catedral e os outros monumentos, até a Piazza Signoria, com o Palazzo Vecchio e a Loggia dei Lanzi, bem como a Ponte Vecchio, as igrejas, palácios e museus. Depois, há as pequenas ruas onde você ainda pode respirar na Idade Média, as lojas de artesanato que moram no popular bairro de Oltrarno, os testemunhos de alguns dos maiores artistas da história (Michelangelo, Brunelleschi, Giotto, etc.).

Veja AQUI todos os nossos textos sobre Florença

2. Pisa, Piazza del Duomo

Um Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1987, mais conhecida como “Piazza dei Miracoli” (Praça dos Milagres). Este é o coração de Pisa e possui uma das mais surpreendentes concentrações de beleza do mundo. Aqui você encontrará a famosa Torre Inclinada, bem como a bela catedral, o batistério e o cemitério monumental. Imperdível, durante o dia ou a noite, quando o mármore branco brilha contra o céu escuro. E como você está em Pisa, aqui estão as 10 coisas que você precisa fazer!

3. O centro histórico de San Gimignano

San Gimignano é Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1990, esta pequena cidade encantadora é uma jóia medieval conhecida e amada em todo o mundo. Vagando pelas ruas e olhando para as 15 torres (San Gimignano costumava ostentar 72 torres, é por isso que a cidade também é conhecida como “Manhattan da Idade Média”!) É como entrar em uma máquina do tempo. Aqui está uma lista de coisas para ver – O que ver em San Gimignano

4. O centro histórico de Siena

  • Fotógrafo na Toscana

Siena é uma das cidades italianas mais famosas e um lugar que todo turista pretende visitar durante uma viagem à Toscana. Não é por acaso que a UNESCO premiou todo o seu centro histórico como Patrimônio Mundial desde 1995!

Siena brilha perfeitamente à distância em sua magnificência medieval. As três colinas no meio das quais a cidade fica erguida como um cenário de filme idílico. Siena, intacta por séculos, ainda se parece principalmente com o século XIV, e a conservação de uma arquitetura medieval única e coerente é uma das principais razões para visitar uma cidade encantadora, consciente de seu equilíbrio frágil: foi o primeiro município de Europa para impedir o tráfego de entrar no antigo centro da cidade, em 1966.

5. O centro histórico de Pienza

A pequena cidade de Pienza, Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1996, representa a primeira aplicação dos conceitos humanistas de planejamento urbano e foi um exemplo para muitas outras cidades italianas e européias. Portanto é considerada a cidade renascentista ideal. Se isso não bastasse, está localizado na área de Val d’Orcia, outro Patrimônio Mundial! Aqui estão mais algumas razões para visitar Pienza: Pienza, a cidade planejada por Pio II

6. O Val d’Orcia

Uma paisagem que se tornou a imagem icônica da Toscana, com sua beleza distinta, as colinas curvas com assentamentos fortificados no topo, ciprestes e vinhedos e cores que mudam de acordo com a estação. Uma imagem que exemplifica a beleza de paisagens agrícolas renascentistas bem gerenciadas e que fez do território Val d’Orcia a primeira área rural a ser homenageada com o prêmio da UNESCO em 2004. Aqui está o que sugerimos que você deve ver (e provar!):

7. Vilas e Jardins dos Medici

O último tesouro da Toscana a ser reconhecido como Patrimônio da Humanidade (em 2013) são as doze vilas Medici e dois jardins (Jardins Boboli e Pratolino Park-Villa Demidoff, ambos encomendados pela família Medici). A Família Medici, senhores de Florença de 1434 e depois Grão-duques da Toscana de 1569, governaram esse território quase continuamente até 1737. A constelação das Villas Medici que eles deixaram para trás é uma rede de edifícios rurais, fazendas e lojas de caça, e uma expressão marcante dos períodos renascentista e barroco. Todos eles têm algo que fará sua visita valer a pena!

Agora você entendeu porque eu disse que eram mais de 7 lugares? Pois temos 12 vilas e 2 jardins!

banner2

O Passeios na Toscana é uma empresa de venda de serviços turísticos, criada por Deyse Ribeiro, guia de turismo autorizado e especialista em turismo na Itália. Aqui você pode reservar tours particulares em português na Toscana e na Itália, além de serviços como transfers, sessões fotográficas, passeios de barco,  tours gastronômicos, aula de culinária, organização de casamentos e muito mais. Conheça nossos TOURS e EXPERIENCIAS.

Não deixe de baixar os mapas grátis da Toscana aqui!

  • Fotógrafo na Toscana